Este espaço destina-se à divulgação da pesca, em especial da pesca à bóia e da pesca de competição, onde relato as minhas pescarias e aventuras na região Oeste e não só.

Segue-me no Facebook

terça-feira, 15 de janeiro de 2013

2ª Prova do campeonato 2013 da Bordinheira

Neste passado domingo realizou-se a 2ª prova do campeonato, as previsões não eram nada animadoras, com mar de 5 mts e vento mareiro com bastante intensidade.
No sábado a volta do costume pelos pesqueiros para ver onde tinha melhores condições para pescar, nesta volta contei com a companhia do amigo Artur onde fui dando algumas explicações dos pesqueiros e seu funcionamento.
Como as condições no Porto Chão estavam aceitáveis, tentei fugir de pesqueiros viciados e muito engodados e como não pescava lá à algum tempo, a saudade de descer aquela arriba era muita decidi que ia fazer lá a prova.
 Na companhia do meu pai chegamos ao pesqueiro, estacionamos o carro e saímos para confirmar se valia a pena descer, o vento soprava com muita intensidade, o mar era gigantesco e bastante desordenado, as previsões estavam correctas, só a cor das águas é que nos animou e fez arriscar ali.
Tralha às  costas e toca de descer, na hora de montar a cana as duvidas sobre que fio usar(0,185 ou 0,165mm), bem como a gramagem da bóia.
Uma vez que a maré era de lua e vazava muito, ficando praticamente sem água nos caneiros, optei por fazer uma pesca dedicada ás tainhas e escolhi uma bóia de 3grs e fio 0,165mm com um anzol nº8 de maneira a que qualquer peixe que lá fosse não tivesse hipótese e ferrasse , pois ia ser dia de pouco peixe.
Engodo  no primeiro caneiro, e dou inicio á pescaria, depressa vi que ia ser uma jornada muito complicada, pois o mar vinha com muitos enchios e depois recuava levando todo o engodo.
Não perdi muito tempo ai e foi um pouco mais a sul pescar atrás do «Saltadouro».
O vento impedia grandes lançamentos, por esse motivo tinha de arranjar um buraco com alguma altura de água e pescar o mais próximo da água possível  passado pouco tempo tiro uma tainha e disse para mim, a grade está safa, insisti mais mas era só sargotes sem peso que foram devolvidos.
Como não estava atirar nada, mudo de sitio, e experimento no meio do «Saltadouro», em boa hora o fiz pois tirei alguns sargos, estavam a cair mesmo debaixo  dos pés, num pequeno buraco com 1 metro de água.
Depressa o mar correu comigo lá de dentro, e fui obrigado a pescar na praia, ainda apanhei mais um sargo e mais uma boa tainha.

 No final tinha uma boa pesca, tendo em conta as condições que estavam, tinha 2,200kg de sargos e mais uns tantos que por pouco não tinham o peso mínimo de 200grs, e 2 tainhas com 1,785 kg totalizando 12370 pontos.
Por pouco não tinha peixe para tirar as fotos, porque houve um artista que me apanhou distraído e resolveu doar sem autorização o meu peixe, a uma pessoa que por acaso até merece, mas dizendo que era dele, se não tivesse tirado fotos no local da pescaria já era, sem dizer nomes fica o aviso, a brincadeira vai sair-lhe cara(no mínimo 2 caixas de 10k de sardinha para engodo), há pois é, hi hi hi...., epá, com as calças do meu pai também eu sou um grande homem.
   Tal como esperava saiu pouco peixe, e apenas 20 pescadores conseguiram pontuar, num dia 13(que para mim é de sorte) estava consumada a 1ª vitória desta época, com grande diferença pontual do 2º classificado João Rodrigues que conseguiu apanhar umas tainhas totalizando 5770 pontos.
Em 3º lugar ficou o César Ribeiro, em 4º lugar Victor Silva e a fechar o pódio o amigo Artur Silva.

De resto  correu tudo como de costume, muito convívio e a camaradagem do costume, apenas tenho um reparo a fazer, o pernil assado no forno servido ao almoço não estava bom!!!! Estava simplesmente divinal, para as cozinheiras e restante staf que tanto trabalham os meus parabéns, é que o mar abre o apetite e o pessoal vem do mar com uma larica daquelas, elas não tem mãos a medir.

Agora é esperar pela próxima prova dia 3 de Fevereiro e ver o que nos reserva o almoço, mesmo que não dê peixe fome não passamos de certeza, deixo novamente o convite a quem quiser aparecer é só dizer pois há sempre lugar para mais companheiros!!!!                                                          

22 comentários:

  1. 1°Prova e entras logo a matar:)
    Boa q Fevereiro traga pelo menos o pódio, senão leva esse pernil q funciona como engodo..:)

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boas Manuel,
      esta foi a 2ª prova amigo, na 1ª fiquei em 5º, agora em 1º, na próxima em Fevereiro logo se vê.
      Isso era mal empregue pois estava uma delicia e para engodo umas sardinhas rançosas que já foram ao mar pelo menos uma vez, chega na perfeição e julgo serem as melhores pois tem aquele molho e odor característico que atrai os sargos a milhas.
      Abraços e continuação de grandes capturas

      Eliminar
  2. Cá está mais um relato de uma prova de pesca onde é de realçar as capturas efectuadas pelo amigo Pedro, porquanto as condições do mar… não eram extremas, eram extremistas.
    Lembro; onda de 5m, vento de 28km/h, a maré oscilava 3,30m, c/grande enchios, chuva.
    O pescador quando vai á pesca, leva engodo e espera que o peixe faça uma visita ao pesqueiro, o que ás vezes demora tempo, aqui o autor deste blogue não está com meias medidas, quando vai á pesca vai directamente á morada dos peixes.
    Só os carteiros estão ao nível, numa actividade diferente.
    Também estive presente nesta prova, com muito prazer, um peixe e meio colocou-me num bom 5º lugar. Tive de abandonar o pesqueiro que preparei e recorrer ao pesqueiro do amigo Malaquias, onde saquei uma tainha c/0,860 e fiz este lugar, vai-se a ver no final e fiquei, injustamente, á frente do meu anfitrião, cuja tainha era mais pequena e os sargotes que apanhou precisavam de umas grs para atingirem as 200. Por vezes á injustiças assim.
    O Filipe, que organiza este campeonato, é o dinamizador da prova e cativa, prova a prova, uma equipa de sete pessoas para confeccionar o almoço, neste caso de pernil no forno, que estava muito bom, é um homem lutador e de boas realizações.
    Quanto á peripécia do peixe oferecido que não era dele, merece o castigo de duas caixas de engôdo.
    Aproximam-se novas jornadas marítimas de grande expectativa e apreço por parte dos aderentes. Venham elas. Um abraço para um pescador que se destacou mais uma vez.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boas grande amigo Artur,
      melhor que essa descrição em jeito de prosa é impossível, não à palavras.
      Tenho pena de não me poder acompanhar na dureza das minhas jornadas, temos de combinar uma pesca mais soft em conjunto para podermos desfrutar do prazer de pescar juntos, e quem sabe repetir a façanha dos 2 robalos.
      Quanto ao castigo acho que é merecido e acompanhado de um puxão de orelhas hi hi hi..., esto-me a rir mas o fu...o fui eu!!!!
      Um grande abraço e que venha a próxima.

      Eliminar
    2. Tenho aqui uma artrose num joelho que se está a manifestar mais após a Praia Azul e que me anda a dizer; "não faças esforços e não vás a tantos concursos" mas o prazer da competição em pesca é tanto que acho que ainda tenho "saldo" para 2 épocas.
      E espero pescar com o meu amigo mais vezes á séria.
      Um grande abraço e até á próxima.

      Eliminar
    3. Grande amigo Artur, tem sido uma honra pescar consigo seja em competição ou num dia normal, tenho pena que não me possa acompanhar em todas as minhas jornadas, seria muito bom se o pudesse fazer.
      Agora deixe que lhe diga, parar é morrer, por isso toca a ir à pesca ainda que com algumas limitações quero vê-lo por mais 10 anos nestas andanças.
      Um grande abraço

      Eliminar
  3. Parabéns amigo, por mais um excelente resultado, e um belo relato, eu não tive tanta sorte é é, mas pelo menos não gradei o que não foi mau, está a ser um ótimo convívio, com muito desportivismo e excelente camaradagem, esperemos que assim continue. Mais uma vez os meus parabéns pelo blog que está excelente.Grande abraço David Forcada (Night Fish). Quando puderes dá uma vista de olhos num projecto que estamos a criar para divulgar as nossas pescarias, fica ai o link, abraço. http://www.facebook.com/nightfish.freiria

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado David pela visita e comentário, mais uma vez ficou provado que mares brutos, condições extremas e maré vazia é a minha praia.
      Ainda assim safaste a grade o que é fundamental para não perder o comboio.
      Estes convívios são momentos muito especiais e de grande companheirismo, somos um grande grupo de amigos, quase como uma família, onde há sempre espaço para novos membros.
      Vou dar uma olhadela pelo vosso espaço, já tinha passado varias vezes pelo inicio do blog e pensava que já tinham desistido.
      Abraços e até à próxima faina

      Eliminar
  4. Boas Pedro mais um bom relato das façanhas de um campeão,tem que aproveitar enquanto as pernas e a vista podem ,depois no futuro é boias de 15 gramas fio 020 ou + e pés em seco que o reumático aparece mas que nada nos dá mais gozo de pescar assim mesmo com 62 ainda vou fazendo mas já não é a mesma coisa, obrigado pelo comentário no meu blog e espero que tenha lido o meu email sobre o pedido de aut.para utilizar um artigo seu no meu blog dando a conhecer os meus amigos
    Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem mais amigo J.Cordeiro, dentro de alguns anos vou abrandar e dar mais atenção ao meu júnior trazendo-o para estes convívios.
      Amigo pescadores com essa idade é o que não faltam nestas brincadeiras, iria sentir-se em casa, tem de pensar em vir cá um destes dias.
      Já está dada a autorização, este espaço serve para isso mesmo divulgar a pesca e criar novos laços de amizade com quem partilha esta paixão pela pesca.
      Um grande abraço e as pescas possiveis

      Eliminar
  5. Boas Pedro,

    parabéns pela vitoria,

    continuações.

    ABR Nuno Sousa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Grande Nuno,
      Obrigado, agora pode ser que o mar caia e consigamos fazer um spinning ai nos teus quintais.
      Abraços

      Eliminar
  6. Boas Pedro, com esse mar não é fácil fazer uma pesca dessas, bem boa, eu com estes mares brutos também não me consigo safar, parabéns pela pesca e pelo 1º lugar,o professor tem que mostrar como é que é, grande abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boas grande João, foi uma vitória difícil mas muito saborosa, pois as condições foram muito duras, nem sempre o professor se safa com estes mares ma desta vez correu bem.
      Abraços para o explicador e professor da costa de Sines.

      Eliminar
  7. Grande pesca e vitoria com o mar que estava não é para todos.

    Abraço


    F. Muralha

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi a pesca possível, eles apareceram e deu para tirar uns quantos mesmo em condições muito difíceis.
      Agora que venha a próxima prova, ver se pode vir à próxima na companhia do Carlos Abreu e do amigo João.
      Abraços

      Eliminar
  8. Boas Pedro!
    Parabéns pela grande vitoria,belos peixes ,ainda mais com esse mar.
    um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi uma boa pesca tendo em conta as condições com que nos deparamos, bons sargos e quando menos esperava.
      Abraços grande amigo

      Eliminar
  9. Não perdoas, um dia dificil sem duvida.
    Eu estive á pesca no sábado á noite e tirei um bom peixe, mas a minha pesca vai mais longe eheheh

    Este fim de semana queria tanto ir á pesca mas tenho impressão que só se for no quintal!

    Um abraço
    João Gonçalves

    ResponderEliminar
  10. Amigo João, desta vez correu bem mas foi muito complicado pois o mar não estava para brincadeiras.
    Ainda bem que te safaste no sábado, lá vais apanhando uns bons peixes, aproveita pois estás de mão quente.
    Ainda não vi as previsões para este fim de semana mas vou ver e avaliar se lá vou.
    Abraços

    ResponderEliminar
  11. Gran relato y bonita jornada de pesca amigo Pedro, enhorabuena, abrazos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado companheiro Salah, foi uma dura jornada mas onde o peixe colaborou.
      Abraços

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...