Este espaço destina-se à divulgação da pesca, em especial da pesca à bóia e da pesca de competição, onde relato as minhas pescarias e aventuras na região Oeste e não só.

Segue-me no Facebook

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Pesqueiro de Ribeira de Ilhas

Praia de Ribeira de Ilhas fica perto da Ericeira é conhecida pelo surf, por ter uma das mais compridas ondas da Europa e por isso é o ex-libris para a pratica deste desporto. Mas falemos agora de pesca, é um óptimo pesqueiro, do lado norte da praia é composto por lajes com pouca altura de água mas onde o peixe gosta de vir mariscar quando a maré está quase cheia(para mim a melhor hora para pescar aqui), apesar das pedras terem pouco ou quase nenhum marisco.

Neste pesqueiro podemos pescar a qualquer tipo de pesca mas destaca-se pela pesca à bóia e chumbadinha onde costumo capturar Sargotes, Tainhas e nesta altura Salemas(uma verdadeira praga pois andam em grandes cardumes), pesqueiro ideal para provas pois normalmente nunca falha tem sempre peixe alem de ser abrigado a norte.
Do lado sul da praia temos algumas lajes com caneiros com fundo misto de pedra e areia ,já com mais altura de água onde costumo pescar também com excelentes resultados com exemplares de bom porte.   
Quanto a acessos este pesqueiro é óptimo pois o carro fica perto e não temos de andar muito. Agora é só por a tralha no carro e ir até lá tentar a sorte!!!

domingo, 12 de dezembro de 2010

Pesqueiro da praia da Calada(norte)

Neste domingo aproveitei para ir passear umas amostras neste pesqueiro mas não me safei( 4ª grade consecutiva), mas aqui ficam algumas fotos do pesqueiro.
A  praia da Calada fica situada entre a  praia da Assenta e  praia de São Lourenço, pesqueiro composto por fundo misto de pedra e areia e lajes, com bons caneiros.
Pesqueiro ideal para todo o tipo de pesca, onde se destaca o corrico e o spining com a captura de exemplares de grande porte.
Este pesqueiro tem a particularidade de se capturar praticamente só peixes nobres, as Tainhas e Salemas não são frequentes este pesqueiro, assim sendo fora de provas é muito comum lá pescar. Gosto de lá ir com o mar manso e com a maré a subir, pesco à bóia a engodar entre as pedras onde o mar faz branca de modo a enganar alguns Sargos e Robalos.
Pesqueiro de acesso razoável , com 2 possibilidades de lá chegar, pela praia da calada fazendo uma caminhada pelo areal(para norte) e atravessando a malhada de pedras(para mim o melhor acesso e mais seguro) ou então descer a arriba na praia das Escadas e percorrer o areal para Sul.
Agora é só por a tralha ás costas e tentar a sorte!!         

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Pesqueiro de Porto Chão

O Pesqueiro de Porto Chão fica situado entre a praia de Cambelas e a praia da Foz do Sizandro.
Um dos melhores pesqueiros da região Oeste, onde dei os meus primeiros passos nas andanças da pesca, sempre na companhia do meu pai, um pesqueiro do qual guardo muito boas recordações.
Pesqueiro composto essencialmente por lajes, com fundo misto de pedra solta e areia com óptimos lagos e caneiros, ideais para pescar à bóia, ou à chumbadinha.

Nesta foto está o pesqueiro do penedo do Zé Russo ou  pesqueiro do Galo, que com esta altura de água que se vê na foto é ideal para apanhar tainhas, mas também se apanha Sargos. 
 

Nesta foto está o pesqueiro de Porto Chão, onde existe uma laje(lado esquerdo da foto), local de eleição para corricar e onde saem bastantes robalos, do lado direito da foto logo após o final da laje está o pesqueiro da Caldeira, pois existe lá uma caldeira e motor de um barco que ali encalhou à muitos anos, onde costumo apanhar bons sargos e salemas.

O Pesqueiro de Porto Chão tem um inconveniente, temos de descer uma arriba com alguns metros e com grande inclinação, que quando chove se torna bastante perigosa a sua descida.
Depois destas dicas, só falta pegarem no material e irem até lá tentar a sorte, que sabe não nos cruzamos por lá.

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

3ª Prova do Campeonato A.C.D.R. Bordinheira

No passado domingo realizou-se a 3ª prova do campeonato. O mar e tempo apresentavam péssimas condições, onde o vento que soprava de sul, bastante forte, não deu tréguas e fez o mar embravecer até ao final da pescaria.
Como o vento era de sul escolhi o pesqueiro na praia de São Lourenço, pois é abrigado a sul, quando comecei as águas estavam boas, na primeira hora e meia de pesca consegui tirar 4 sargotes e 3 Salemas.
Mas com o encher da maré e com a abertura do ribeiro que desagua nessa praia a água depressa ficou turva e impescavel, obrigando-me a procurar outro pesqueiro. Fui espreitar ao César(pesqueiro próximo da Ericeira),   o vento aqui soprava ainda mais forte, pelo que tive de procurar um pesqueiro onde estivesse de costas para o vento, percorro um bom bocado da praia até chegar ao pesqueiro, estavam lá os colegas de prova Dario e Pedro Veloso com alguns sargotes no saco.Perguntei se podia pescar também ali ao pé deles, eles disseram sem problema, engodo na água e lá consigo enganar mais 3 sargotes. No final da prova tinha 3 Salemas com 1930gr, e dos 7 sargotes só 5 tiveram peso 1445gr, totalizando um total de 9640 pontos que foram suficientes para alcançar a 2ª vitoria deste campeonato.Aqui fica a foto do prémio.

       
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...