Este espaço destina-se à divulgação da pesca, em especial da pesca à bóia e da pesca de competição, onde relato as minhas pescarias e aventuras na região Oeste e não só.

Segue-me no Facebook

segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

Declaro aberto mais um ano desportivo

Ora viva caros leitores, seguidores, amigos ou simples amantes da pesca desportiva.
É com enorme prazer que convido todos a participar no 9º Campeonato de Pesca na Bordinheira.
com início no dia 12 de Fevereiro e final a 24 de Setembro.
O campeonato é composto por 10 provas, todas as datas estão afixadas na barra lateral direita do blog, o valor da inscrição é de 10 por prova com almoço incluído.
Os participantes, podem praticar qualquer tipo pesca desde que seja apeada, a área de pesca vai do Bico da Corva (Porto Novo), até ao Matadouro, na Ericeira(escadas da capela de São Sebastião), cada um pesca onde e como quiser.
No final da pescaria, é realizada a pesagem do pescado na sede do A.D.R.C da Bordinheira, seguindo-se o almoço convívio feito pelas cozinheiras da terra (5 estrelas) e entrega de prémios aos 5 primeiros classificados dessa jornada.
No final do campeonato haverá prémios e lembranças para todos os participantes, a escolher pela ordem de classificação geral.
Declaro aberto mais um ano de muita pesca desportiva, mas acima de tudo de muito convívio, bastante amizade e animação.
Quem estiver interessado pode inscrever-se deixando o nome aqui ou ligando para os contactos que estão no cartaz.
Apareçam pois serão todos bem vindos!!!

quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

Fechar o ano com chave d'ouro

Já estamos no final de Janeiro, mas só agora vou relatar a ultima pescaria do ano 2016.
Continuando a aproveitar umas férias natalícias a família Franco a meio da semana combinou mais uma pescaria, desta vez contamos com a companhia de mais 2 grandes amigos e amantes deste desporto, o Artur Silva e o João Cardoso, que acabado de regressar a Portugal não se negou e prontamente compareceu à chamada, as saudades da malta e de uma pesca no Oeste já apertavam.
Com o mar bom para uma pescaria à bóia, a ideia foi essa mesmo, mas deixamos um pouco de lado as pescas ligeiras e apostamos no pião, por vários motivos, conseguirmos estar todos a pescar bem próximos uns dos outros, privilegiando o convívio e tentar evitar o  frio e as molhas, pois o júnior estava um pouco constipado, estas são algumas das vantagens que a pesca ao pião em altura permite.
Depois de escolhido o spot, alguns pescadores acusavam o frio que se fazia sentir e não saiam do carro, não vale a pena referir nomes he he he, já outros animados com o regresso às jornadas de pesca estavam super motivados.


A pescaria foi realizada em São Lourenço, próximo do forte, um local com perfeitas condições para este tipo de pesca, claro que o habitual engodo e isca de sardinha não faltaram.
O que faltou mesmo foi o peixe, que não apareceu em quantidade, ainda assim apareceram alguns sargos e algumas Salemas que animaram o dia.
Tainhas eram aos montes, este dia não era dedicado a elas, mas a dada altura e com a falta de sargos no pesqueiro, decidi fazer uma brincadeirinha, apostar que o ultimo a tirar uma tainha, no final da pescaria pagava a rodada.



A brincadeira foi animada, já que se tornou mais difícil que o esperado, elas estavam a comer muito mal, até alguém conseguir apanhar a primeira demorou mais de meia hora, assim é que se vê a diferença que faz na captura desta espécie as pescas mais ligeiras.



Resumindo e concluindo, passou-se animadamente mais um bom dia de pesca entre grandes amigos, acabamos a jornada no café a beber umas fresquinhas e adivinhem que pagou a rodada, eu mesmo he he he ora toma lá para aprenderes.
Foi assim com chave d'ouro que fechamos o ano piscatório.
Abraços a todos e preparem-se pois a nova época competitiva está prestes a começar. 

segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

Tempo roubado!! Tudo por boas causas

Com saudades de relatos caros leitores??
Eu também!!! 
Infelizmente o tempo dedicado à pesca e ao blog é cada vez menos, a família, os deveres laborais e directivos, tem roubado o tempo para esta actividade, mas tudo por boas causas, penso que estou desculpado he he he.....
Uma vez que o tempo cada vez é mais escasso para grandes relatos, peço desculpa mas passarei a resumi-los o mais possível, sem grandes descrições, é a única maneira de consegui manter o blog activo e com publicações actualizadas.
No entanto caso tenham alguma duvida ou questão que queiram aprofundar mais, basta perguntar comentando, assim que possível respondo e esclareço eventuais questões.
Mas passemos ao relato desta jornada, aproveitando umas mini férias de Natal em que a família Franco estava toda de descanso, aproveitamos para juntar as 3 gerações Pai, Filho e Neto para uma pescaria em conjunto.






Com algum frio à mistura, madrugamos e fomos à procura de uns peixes para o almoço, o spot escolhido foi a Assenta, junto ao porto dos barcos, um local pouco frequentado por mim.
Numa pescaria mista, bóia chumbadinha sempre com o balde de engodo aos pés, lá conseguimos apanhar meia dúzia de peixes, maioritariamente salemas e tainhas.





Com o subir da maré, o mar ficou com poucas condições e o deixamos de sentir peixe, como ainda era cedo para voltar para casa, ainda fomos até Ribeira D'ilhas gastar o resto do engodo, para alegria do meu júnior as salemas encostaram em força, facto que ele aproveitou para brincar com elas já que proporcionam boas lutas.
Assim se passou rapidamente mais uma manhã de mar.

quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

1º Convívio Pesca de Mar Casa do Povo Turcifal

No dia 15 de Janeiro realiza-se o 1º Convívio Pesca de Mar Casa do Povo Turcifal.
É muito bom sinal que apareçam novos clubes de pesca na região Oeste, assim sendo vamos lá participar e ajudar.
Aqui fica o cartaz para consulta.

Os contactos para inscrição são 965069141 - Luis Filipe ou 965878377 - Carlos Ferreira.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...