Este espaço destina-se à divulgação da pesca, em especial da pesca à bóia e da pesca de competição, onde relato as minhas pescarias e aventuras na região Oeste e não só.

Segue-me no Facebook

quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

Fechar o ano com chave d'ouro

Já estamos no final de Janeiro, mas só agora vou relatar a ultima pescaria do ano 2016.
Continuando a aproveitar umas férias natalícias a família Franco a meio da semana combinou mais uma pescaria, desta vez contamos com a companhia de mais 2 grandes amigos e amantes deste desporto, o Artur Silva e o João Cardoso, que acabado de regressar a Portugal não se negou e prontamente compareceu à chamada, as saudades da malta e de uma pesca no Oeste já apertavam.
Com o mar bom para uma pescaria à bóia, a ideia foi essa mesmo, mas deixamos um pouco de lado as pescas ligeiras e apostamos no pião, por vários motivos, conseguirmos estar todos a pescar bem próximos uns dos outros, privilegiando o convívio e tentar evitar o  frio e as molhas, pois o júnior estava um pouco constipado, estas são algumas das vantagens que a pesca ao pião em altura permite.
Depois de escolhido o spot, alguns pescadores acusavam o frio que se fazia sentir e não saiam do carro, não vale a pena referir nomes he he he, já outros animados com o regresso às jornadas de pesca estavam super motivados.


A pescaria foi realizada em São Lourenço, próximo do forte, um local com perfeitas condições para este tipo de pesca, claro que o habitual engodo e isca de sardinha não faltaram.
O que faltou mesmo foi o peixe, que não apareceu em quantidade, ainda assim apareceram alguns sargos e algumas Salemas que animaram o dia.
Tainhas eram aos montes, este dia não era dedicado a elas, mas a dada altura e com a falta de sargos no pesqueiro, decidi fazer uma brincadeirinha, apostar que o ultimo a tirar uma tainha, no final da pescaria pagava a rodada.



A brincadeira foi animada, já que se tornou mais difícil que o esperado, elas estavam a comer muito mal, até alguém conseguir apanhar a primeira demorou mais de meia hora, assim é que se vê a diferença que faz na captura desta espécie as pescas mais ligeiras.



Resumindo e concluindo, passou-se animadamente mais um bom dia de pesca entre grandes amigos, acabamos a jornada no café a beber umas fresquinhas e adivinhem que pagou a rodada, eu mesmo he he he ora toma lá para aprenderes.
Foi assim com chave d'ouro que fechamos o ano piscatório.
Abraços a todos e preparem-se pois a nova época competitiva está prestes a começar. 

6 comentários:

  1. Unha xornada entretida.
    Noraboa Pedro e un saúdo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem mais Josiño para terminar o ano em beleza.
      Um grande abraço de Portugal

      Eliminar
  2. Boas Pedro.
    O júnior esta em forma... ainda enganou uns sargos.
    Valeu o convívio, querias beber uma a borla e saiu-te a fava. Lol
    Bom ano 2017 saude ai para ti e familia. Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O júnior esforça-se, mas ainda tem muito que aprender, sem duvida que vai ter o caminho facilitado, 2 destes sargos fui eu que ferrei.
      Foi um dia bem passado, lá tive de pagar a rodada he he he foi bem merecida.
      Um grande abraço para ti também e um excelente 2017.

      Eliminar
  3. Bom parece que o Júnior anda a safar-se, descuida-te que um dia destes ainda fica à tua frente no campeonato ;)
    Força aí Júnior ;)
    Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tem muito que penar, também é bem novinho mas tenho de começar a ter cuidado com ele he he he
      Aquele abraço e bons lances.

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...