Este espaço destina-se à divulgação da pesca, em especial da pesca à bóia e da pesca de competição, onde relato as minhas pescarias e aventuras na região Oeste e não só.

Segue-me no Facebook

segunda-feira, 30 de abril de 2012

Concurso de pesca de Salir do Porto

Este domingo decorreu em Salir do Porto mais um concurso de pesca em participaram 100 pescadores, a área de pesca ia da Foz do Arelho até ás Pedras dos Salgados.
O dia prometia chuva e não estava vento, e o mar estava com boas condições para uma boa jornada apesar da maré ser sempre a descer.
Logo de manhã antes do sorteio já havia quem tivesse estado a encher a lata, ele à malta que não perde uma, mas está bem, sempre ouvi dizer que quem vai para o mar avia-se em terra, ou então mais vale um caracol na mão que 2 a passear. Quem será o artista?Pelo menos não ficou de mãos a abanar e safou logo a grade com uns quilos de caracóis. 

 Vamos à pescaria propriamente dita, como o meu conhecimento de pesqueiros nesta zona é reduzido decidi voltar ao pesqueiro perto de São Romeu (logo à saída da baía de São Martinho do Porto).
A pescaria começou da melhor maneira com 4 tainhas nos primeiros lançamentos e mais algumas que desferraram, depois deixei de sentir peixe fazendo uma ou outra captura de longe em longe.
nessa altura decido mudar de pesqueiro e fui até aos Vatos onde ainda consegui tirar mais algumas tainhas, um sargote e 2 bodiões.
No final tinha na lata 24 peixes, praticamente tudo peixe miúdo, se tivesse mudado o tamanho de anzol para mais pequeno talvez tivesse tirado mais peixe.

 Em 1º lugar e repetindo a proeza do ano passado ficou o Sérgio Serra actual campeão nacional de bóia com o total de 42 exemplares que totalizaram 26400 pontos, eu fiquei 20º lugar totalizando 11680 pontos.
Este concurso fica marcado por um acontecimento caricato, o meu pai tinha apanhado 3 sargos e 3 bodiões, mas o peixe não foi pesado pois ficou esquecido no carro, aquando da classificação é que reparamos que ele não tinha pontuado e quando fomos ver tinha ficado no carro, ele pensou que eu tinha entregue os nossos peixe mas eu só lá fui levar o meu, assim sendo não teve prémio.
Assumo meia culpa pelo sucedido e retribui oferecendo-lhe o meu prémio, não volta acontecer.
Quero dar os parabéns à organização deste convívio pois tudo correu do melhor inclusive a almoçarada que estava uma maravilha.
        

sábado, 28 de abril de 2012

É já dia 13 de Maio


Já falta pouco para o grande concurso anual da Associação Desportiva, Recreativa e Cultural da Bordinheira, vai realizar-se no dia 13 de Maio no litoral do concelho de Torres Vedras.
Gostaria de convidar todos os pescadores a virem ao maior concurso da região Oeste onde esperamos contar com a presença de 200 pescadores para um grande convívio, onde vão estar excelentes prémios em disputa.
Para inscrições contactar o 261332200 ou 918204840, vai valer a pena, para o almoço temos serrabulho e 2 porcos no espeto entre outros petiscos.
 Venham e tragam um amigo pois será um dia muito bem passado numa terra que gosta de bem receber.

quinta-feira, 26 de abril de 2012

Final do campeonato

Esta quarta feira realizou-se a 10º e ultima prova do campeonato 2012, um campeonato que esteve completamente  rubro, com varias disputas de lugares engraçadas.
Entre estas disputas estava a discussão do 1º lugar entre outros prémios como o maior nº de vitórias deste campeonato em eu e o Miguel tínhamos 3 vitorias, que depois de eu ter estado na frente durante 4 provas, perdi essa liderança para o Miguel Serra que a manteve até esta ultima prova, e com 9 pontos de vantagem, por isso não podia falhar e as coisas tinham de correr mal ao Miguel.
Mas vamos do inicio, a historia começa assim.
Na 6ª feira o Miguel Serra manda-me uma mensagem para o telemóvel a perguntar se ia pescar no fim de semana, ao que eu na brincadeira lhe respondi que este fim de semana ia estagiar para na 4ª feira estar em forma e dar-lhe no pelo, e que para alem disso tinha de ir a uma consulta com o professor Bambo para realizar uma macumba que afastasse os peixes dos seus anzóis e viessem todos para o meu.
Quanto ás perspectivas para esta  prova estavam bastante altas, e estava bastante confiante num bom resultado, pois a maré era a descer e o mar ia estar algo mexido e com bastante vento, o que se veio a confirmar.
Com a estratégia muito bem estudada, lá rumei até à praia do matadouro(na Ericeira) na companhia do meu pai e do amigo Artur.
O mar estava mesmo como eu queria, mexido com as aguas abertas mas bastante oxigenadas, tralha ás costas, desço as escadas e vou para norte, para o pesqueiro do cano de inox.
Depois de engodar,  monto uma cana com 0,165mm e uma bóia de 3grs, e logo nos primeiros lançamentos tiro 3 tainhas, e penso, isto está a começar bem.


Nisto reparo num grupo de 20 ou 30 alunos da escola de surf que vieram entrar no mar praticamente onde estávamos a pescar e disse para o Artur, isto aqui já deu o que tinha a dar, pois com esta malta toda dentro de agua a fazer uma gritaria dos diabos via espantar o peixe todo.
Mas ainda assim permanecemos mais um pouco e tirei mais umas tainhas e alguns sargotes.
Como estava a ficar se agua e tinha deixado de sentir peixe fui para um caneiro mais a sul, onde pesquei o resto da prova.





O peixe entrou, e deu para compor a pescaria com a lata bem cheia com tainhas, algumas salemas com 9,735kg e alguns sargotes palmeiros com 1,690kg.
À chegada da entrega do pescado vejo logo o Miguel, e perguntei-lhe «Então safaste-te?» e ele disse que apenas tinha apanhado uma tainha, ao que lhe respondi «Ai que a macumba parece que deu 
resultado!!!».
Restava agora aguardar pela pesagem para saber os resultados.
Depois das contas feitas veio confirmar-se que a bruxaria resultou, eu fiquei em 1º nesta prova com 26230 pontos e o Miguel ficou em 10º, o que na classificação geral veio dar um empate entre nós com 45 pontos, mas como eu tinha maior nº de vitórias(4) fui declarado vencedor do campeonato 2012, ao qual acumulei o prémio de maior quantidade com 29 exemplares.
Foi um campeonato memorável, muito bem disputado, com grande fair play onde  tive o prazer de conviver e competir com grandes pescadores, onde criei grandes amizades que espero que perdurem com pessoas que gostam deste magnifico desporto.
Quero ainda agradecer as magnificas fotos que o companheiro Artur Silva e Hélder Lucas gentilmente tem tirado.



sábado, 21 de abril de 2012

IV concurso de Pesca C Nadrupe

No sábado passado teve lugar o 4º concurso de pesca de Nadrupe(perto da Lourinhã) organizado pelo grande amigo Artur Silva, um amante incondicional da pesca e do convívio.
Apesar de no dia seguinte ter prova do campeonato, não podia deixar de aceitar o convite do organizador deste grande concurso que mesmo estando adoentado à alguns dias, que o impediu de ir à pesca, mas ainda assim ter força e vontade para organizar tudo o resto.
Quanto à pescaria decidi não me afastar muito da Lourinhã e fui pescar com o meu pai para a praia de Vale Frades(ao lado da Areia Branca), o mar estava bastante mexido devido ou forte vento que se fazia sentir e tinha muito limo que prejudicou a pesca.
Comecei por pescar à bóia e tirei logo 2 tainhas, com a subida do mar e aumento do vento vi-me forçado a pescar à chumbadinha.
O vento era de tal maneira que tinha de fazer um enorme esforço para segurar a cana, e o lixo que se agarrava a linha não deixava sentir os peixes a picar, ainda assim tirei mais 3 tainhas, 2 salemas e 1 sargo.
Quanto ao resto do pessoal foram todos para os lados do Baleal, pois tem pesqueiros mais adequados para o seu tipo de pesca, pesqueiros com bastante altura de agua e a pescar um pouco mais grosso em  pedras ou pequenas falésias, onde tem que içar o peixe ou ter um bom camaroeiro.
Pois foi nesse pesqueiro que foi ganha a prova, pelo João Miguel que apanhou 5,730kg de tainhas, 2,700kg de salemas e 950grs de sargos totalizando 24310 pontos que para o dia que estava foi uma excelente pesca.
 Em 2º lugar ficou Carlos Brandão totalizando 12250 pontos, a fechar o pódio fiquei eu com 11650 pontos.
Depois do trabalho feito, foi hora do almoço convívio com uma magnifica feijoada confeccionada pelo sr Joaquim, tio do Artur, a famosa «Feijoada à Joaquim de Miragaia» acompanhada de um bom tinto, tudo produto da terra.
Sem duvida que foi um dia muito bem passado num ambiente muito familiar, com um pessoal 5 estrelas onde deu para trocar umas ideias e pontos de vista diferentes no que toca a pesca e a diferentes estilos da mesma, e criar novos laços de amizade.
Quero dar os parabéns pela organização e fazer um agradecimento especial ao AMIGO Artur que me deu a oportunidade de poder passar um dia muito agradável e que para o ano pode contar comigo novamente.
Gostava também de convidar todos os participantes desta prova a virem até ao grande concurso de pesca da Bordinheira no dia 13 de maio, organizando 1 ou 2 equipas, pois certamente vão ser bem recebidos.           

quarta-feira, 18 de abril de 2012

Pesqueiro da Praia do Sul (Ericeira)


Praia com muito bom acesso, situada praticamente no centro da bonita e histórica vila da Ericeira onde o mar é mais azul, terra de pescadores do bom peixe e marisco.
Praia composta por fundo misto de rochas e areia com lajes ladeadas de caneiros onde os peixes gostam de vir mariscar, zona muito boa para a pratica de qualquer tipo de pesca, onde destaco a pesca à bóia, chumbadinha e  spinning.
Nesta praia as espécies mais abundantes são os sargos, robalos, tainhas e Salemas, em noites de verão com o mar calmo podemos ainda apanhar carapaus e em dias de sorte alguma dourada ou safio.


Do lado norte da praia temos o Hotel Villa Gallé mesmo junto ao mar, forma-se ai uma piscina natural, local muito bom para pescar à bóia.


Do lado sul existe um pequeno pontão, onde temos a possibilidade de pescar em cima tanto para norte como para sul, alguns metros mais a sul temos 2 ou 3 caneiros com onde em qualquer um deles tem excelentes condições para pescar à bóia.


segunda-feira, 16 de abril de 2012

9ª prova do campeonato

Teve lugar este domingo a 9ª prova do campeonato da Bordinheira, como não podia deixar de ser e como já vem sendo habito o mar não esteve com boas condições e acompanhado de muito vento, o que veio prejudicar ainda mais a pesca com muitas ferragens falhadas.
Mais uma vez foi até ao pesqueiro do cavalinho com o meu pai e desta vez tive uma companhia muito especial o Miguel Serra para um duelo mano a mano muito motivante pois discutia-se o 1º lugar.
O carro ficou em Ribeira D´ilhas, toca de por a tralha ás costas e fazer uma caminhada até ao pesqueiro, depois de analisar as condições optei por tentar apanhar umas tainhas, o que se veio a confirmar tirando 3 tainhas e perdendo outras tantas devido a estarem mal ferradas pois o vento era muito e deixava uma grande folga e o peixe andava a comer longe o que dificultava ainda mais.
O Miguel optou por tentar as salemas, mas  como elas não entraram e estando a levar 3 a 0 lá decidiu mudar de cana e dedicar-se as tainhas(a sua especialidade) apanhando também 3 deixando tudo praticamente empatado.
Com a subida do mar deixamos de sentir peixe e eu comecei a fazer mais alguns pesqueiros tirando mais duas tainhas.
Já no final da prova tirei 3 sargos mas apenas um pesou, no total apanhei 5 tainhas e 3 sargos.
Apesar de não ser uma grande pesca, mas atendendo ás condições foi uma pesca aceitável obtendo um 2º lugar, fiquei bastante satisfeito por conseguir recuperar uns pontos ao Miguel que ficou em 7º deixando uma restea(quase impossivel) de esperança  para nova vitória deste campeonato.



Em 1º lugar ficou o Nuno Pereira capturando um grande sargo de 1,590kg e uma tainha, parabéns pela captura de um exemplar deste calibre coisa rara e pela vitória pois foi merecida.   

domingo, 8 de abril de 2012

Mais um grande convívio

Decorreu ontem na colectividade da Bordinheira mais um grande convívio dos amigos da pesca e não só, onde estiveram presentes cerca de 120 pessoas.
Na sexta feira começaram os preparativos para o almoço da prova, como o almoço ia ser a tradicional cachola(também conhecida por serrabulho) acompanhado pelas tradicionais cagarraças(filhós feitas com    sangue do porco), e posteriormente o dito porco no espeto, procedeu-se à tradicional matança de 2 porcos com a ajuda de pessoal amigo.

Já no dia do convívio e enquanto alguns ficaram a preparar o almoço outros foram pescar.
Eu como se tratava de uma brincadeira decidi levar o meu filho à pesca, para começar a dar os primeiros passos nestas andanças e colocar o bichinho da competição.
Como pescar acompanhado de uma criança é necessário ter atenção redobrada, não podendo pescar em locais de acesso mais difícil e atendendo que a baixa mar era por volta das 10 da manhã, optei por ir até a praia das Amoeiras e praia Formosa.
A pescaria começou muito bem pois no 2º lançamento apanhou uma boa tainha de 1.420kg que foi o maior exemplar da prova.
Mais tarde e já noutro pesqueiro tirou um robalote, mais uma tainha e uma salema, apanhou mais alguns exemplares que como não cumpriam as medidas foram devolvidos ao mar.


 Como foi dia de pouco peixe lá conseguiu um eufórico 1º lugar.
Como esperado foi um dia em grande, onde todos se divertiram bastante.
Em nome da colectividade quero agradecer a todas as pessoas que colaboraram para que este grande convívio se realiza-se, desde todo o pessoal que ajudou, até todos os que participaram, sem esquecer os patrocinadores dos prémios, a todos o muito obrigado.          

quarta-feira, 4 de abril de 2012

Grande convívio dos amigos da pesca

Este sábado realiza-se na Sede da Bordinheira mais um convívio de pesca para todos os amantes deste desporto que queiram participar.

O programa será o seguinte:
7 horas - concentração na sede da Bordinheira 
7horas e 30 minutos - partida para os pesqueiros
8 horas - inicio da pesca
12 horas e 30 minutos - final da pesca
1 hora e 15 minutos entrega do pescado(no local do sorteio)

Segue-se  depois o almoço convívio com serrabulho e porco no espeto, vinho ou sumos, não faltará a sobremesa.
Depois da classificação será feita a entrega dos prémios.
O valor da inscrição são 10 euros, quem quiser participar poderá inscrever-se até sábado na colectividade, ou deixar aqui no blog os nomes.
Espera-se um sábado muito bem passado, com um ambiente de camaradagem excelente numa terra que sabe receber muito bem quem quiser aparecer.       
 
                          

segunda-feira, 2 de abril de 2012

Concurso de pesca do Varatojo

Este domingo realizou-se mais um dos mais conceituados concursos de pesca do concelho de Torres Vedras, embora os tempos sejam de crise compareceram neste convívio cerca de 150 pescadores( à meia dúzia de anos apareciam 300).
Depois de ver as previsões do tempo e estado do mar, que ia estar manso com aguas abertas, as expectativas eram elevadas para tentar uma vitória.
Como íamos apanhar a maré cheia por volta das 11 horas e era uma maré curta optei por ir até à praia da Calada, num pesqueiro onde fazia alguma espumada, com a intenção de apanhar alguns sargos.
Depois de uma longa caminhada, com toda a tralha as costa chego ao local pretendido, monto a cana com fio 0.16mm e uma bóia de 3grs pois as aguas apesar de estarem espumadas eram abertas, preparo o engodo, que com estas condições de mar apenas temos de engodar praticamente só com agua, sem mandar pedaços de sardinha,  preparo a isca e espero pelo inicio da prova.
É dado o inicio, engodo o pesqueiro e logo no primeiro lançamento tiro um sargo, e pensei eles estão cá e vai ser lata cheia, na primeira hora tirei 5 sargos, depois deixei de sentir peixe, não sei o que se passou, nem para onde foram, fiz mais alguns pesqueiros mas todos sem sucesso, voltei ao pesqueiro inicial e ainda tirei 3 salemas e 2 tainhas e mais alguns sargotes.
No final da prova tinha 8 sargos com 2.560kg, 3 salemas e 2 tainhas com 2.430kg, que totalizaram pouco mais de 15000 pontos.


Apesar de não ter sido uma grande pescaria, fiquei em 13º lugar, ficando aquém das minhas expectativas, mas a pesca é assim mesmo.
Em 1º lugar ficou o meu grande (mas pequeno) colega de equipa João Rodrigues que apanhou quase 5kg de sargos e também quase 5kg de tainhas totalizando 28430 pontos, a quem dou os parabéns.


De salientar também que o maior exemplar capturado nesta prova foi um robalo com 2.520kg pescado pelo Paulo Salgado. já a maior quantidade de exemplares coube ao Nelson Inácio com 63 exemplares(cavalas).



Quero também dar os parabéns à organização pela realização deste convívio, que apesar das dificuldades que o pais atravessa o que dificulta a angariação de patrocínios, e do enorme trabalho que dá organizar um evento destes, ainda assim vale a pena o esforço para não deixar morrer estes convívios com pessoas que gostam deste desporto e principalmente se travam grandes amizades.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...