Este espaço destina-se à divulgação da pesca, em especial da pesca à bóia e da pesca de competição, onde relato as minhas pescarias e aventuras na região Oeste e não só.

Segue-me no Facebook

terça-feira, 26 de agosto de 2014

Estes animais valem Ouro

Luís Inácio e Patrícia Mega Lopes desceram já vezes sem conta a este antigo viveiro de mariscos na Ericeira. Patrícia é bióloga e fez um estudo sobre o crescimento do ouriço-do-mar em viveiro. E ambos acreditam que este pode ser um negócio com muito futuro — basta ver o valor das ovas de ouriço-do-mar no Japão que, segundo Luís Inácio, podem chegar a custar 80 dólares por quilo, ou até mais no caso dos ouriços mais raros e apreciados. Mas as coisas não são fáceis, e o negócio ainda não arrancou por causa de entraves burocráticos ligados ao licenciamento. 
“Queremos produzir em massa e comercializar”, explicam. “Já temos contactos com a Itália, a França, o Japão, e até já temos dois investidores interessados, o problema é que em Portugal não existe legislação específica sobre este produto, e isso complica muito as coisas”. Para já, vão prosseguindo as experiências neste viveiro cedido pela Junta de Freguesia da Ericeira na zona conhecida como “Furnas”, o tapete rochoso ligado ao antigo Forte do século XVII, onde existem viveiros que pertenceram a fábricas de conserva de pescado. Mais tarde, conta Patrícia na sua tese, foram usados pelos restaurantes locais como armazéns, onde mantinham as lagostas, ameijoas, sapateiras, lavagantes e santolas vivos até à altura de serem consumidos. 
Lá em baixo, a água ainda não subiu muito. Equilibrando-nos em cima de traves que servem de passadiços, conseguimos aproximar-nos desses animais misteriosos, com o corpo feito de espinhos. Muitos deles são roxos, mas há também alguns verdes e de vários outros tons. “O mais cobiçado, com maior valor comercial, é o laranja”, explica Luís, que cresceu a ver os mergulhadores trazerem ouriços-do-mar das águas da Ericeira — aliás, o nome da vila virá precisamente da palavra Ouriceira, por causa dessa abundância de ouriços que aqui existia. Mas com o excesso de apanha desregulada, eles foram desaparecendo, e hoje não é fácil encontrá-los. Por isso, a ideia de os criar em viveiro, fazendo a reprodução in vitro — a partir daí, os ouriços “reproduzem-se aos milhões”, garantem os dois jovens.
Patrícia e Luís Inácio andavam há já bastante tempo a pensar na melhor forma de desenvolver o seu projecto de reprodução de ouriços-do-mar em viveiro quando ouviram falar do Endògenos, uma iniciativa lançada pelo empresário Nuno Nobre para revitalizar produtos que existem em Portugal mas que são pouco aproveitados na gastronomia nacional. E um dos produtos na lista do Endògenos era precisamente o ouriço-do-mar. 
Nuno Nobre conheceu o projecto de Luís Inácio e Patrícia, e está agora a colaborar com a Câmara de Mafra e a Junta de Freguesia da Ericeira para “tornar o ouriço-do-mar um ícone da região”. A partir de Setembro vai ouvir-se falar de ouriço-do-mar, com uma série de iniciativas que vão envolver os restaurantes locais, sem os quais este trabalho não é possível. 
É preciso que quem visita a Ericeira volte e encontrar ouriço-do-mar servido em pratos variados. “Queremos torná-lo mais contemporâneo e mostrar que pode ser versátil”, explica Nuno. “Neste momento há pouca coisa a fazer-se com ouriços-do-mar”, lamenta. Dos planos do criador do projecto Endògenos faz ainda parte uma Festa do Ouriço-do-Mar, que deverá acontecer em Janeiro ou Abril do próximo ano.

Fonte da Noticia:
 http://www.publico.pt/

Vamos aguardar para ver a evolução deste prometedor projecto, esperamos que dê bons frutos.

12 comentários:

  1. Boas Pedro!
    A quem o dizes, essas coisas cheias de bicos têm umas ovas muito boas, os Franceses são grandes apreciadores de ovas de ouriço, e não são só eles, as Douradas e o Sargos também são fans, e até eu loool

    Boas e más recordações tenho eu da Ericeira na altura em que era viciado em Bodyboard, as boas são as pizzas que comia por ai, as paisagens, as boas ondas e as garinas ;))
    As más são esses ouriços que havia por todo e por vezes me ficavam espetados nos pés, principalmente nos coxos e na pedra branca havia muitos, estou a falar de à 15 anos atrás... enfim...

    Um post interessante..
    Abraço e força aí.

    ResponderEliminar
  2. Ora viva mestre Lobo,
    este é um dos mais saborosos mariscos mas a maior parte do pessoal não sabe como os comer, passados por um brasido para levar uma entaladela e se conseguir tirar melhor os bicos ou mesmo cru partido e comer as ovas no mar é do melhor.
    Tudo boas recordações Pedro, mas umas melhores que outras he he he, agora podes vir que a probabilidade de te picares em ouriços é bem menor, infelizmente existem bem menos que nessa altura .
    Quanto ao projecto parece bastante prometedor vamos ver se tem pernas ou melhor se tem bicos para andar ;)
    Um abraço e vamos lá por as canas a trabalhar que os camones estão de abalada.

    ResponderEliminar
  3. São um ganda petisco cá por baixo, e grandes matadores para o peixe... dá é muito trabalho preparar como isco...
    Obrigado pela partilha Pedro!

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cá por cima também são um pitéu quer para nós como para o peixe, dá trabalho a fazer as chuchas de ova de ouriço mas usadas correctamente e nos sítios certos tem resultados muito bons.
      Obrigado, aquele abraço.

      Eliminar
  4. Boas grande Pedro..:-) Os ouriços são sem sombra de duvida uma grande isca, seja para nós como para os peixes...hehehehe..seja para o prazer como para a dor...hahaha
    Era bom que o negocio se concretizasse, a ver vamos..:-)

    Um grande abração amigo e força nesses peixes

    Luís Malabar

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boas Luís,
      são um verdadeiro petisco tanto para nós como para os nossos amigos peixes.
      Quanto ao negocio caso tenha o sucesso esperado será muito bom para promover esta zona Oeste, além de poder dar trabalho a mais umas quantas pessoas.
      Vamos esperar que corra pelo melhor.
      Aquele abraço companheiro.

      Eliminar
  5. Oxalá que esse projeto siga em frente.
    Eleger o ouriço do mar como um ícone da minha terra e da "nossa região" seria uma agradável surpresa.
    Como dizia o Pedro Nunes há quinze anos na Pedra Branca haviam muitos.De facto em toda a Ericeira o ouriço abundava.O Pedro fala a quinze anos, eu vou recuar no tempo e vou dizer-lhe que há trinta anos a Pedra Branca chegou a estar coberta de mexilhão e ouriços.
    Enfim outros tempos que eu guardo na memória.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Seria muito bom para promover ainda mais a bela vila da Ericeira.
      Mas onde fica essa pedra branca?Pelo nome não conheço, mas sem duvida que à muitos anos atrás existia muito mais marisco seja ele qual fosse, tempos que já não voltam infelizmente.
      Um abraço.

      Eliminar
  6. Olá Pedro vamos lá ver se não acontece como em muitos outros produtos que o mar nos oferece e um dia não iremos pagar mais uma vez a ganancia do homem,pois há muito que quem vive nas zonas marítimas come esse pitéu e se projectos desse cariz forem para a frente mais tarde ou cedo é mais uma espécie em vias de extinção e tens um exemplo bem fresquinho o ligueirão ou navalha que a partir de hoje é proibido até dezembro de 2015.
    Um abraço companheiro

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esse é certamente o reverso da medalha, mas esperemos que isso não aconteça pois seria pior a emenda que o soneto, mas a ganancia costuma falar mais alto e se a procura deste produto for muita pode muito bem acontecer isso.
      Um abraço e boas fainas.

      Eliminar
  7. Pedra Branca é o nome recente dado pelos surfistas.
    Fica situada a norte do Cesar e em frente as escadas de madeira que dá acesso a praia,ou seja, a parte sul da praia da Empa.Os pescadores da Ericeira e eu sempre lhe chamamos " Moita do Zé Casado"

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Assim já nos entendemos e falamos a mesma língua, eu pensei numa pedra branca ai na zona mas não ia lá, de facto agora encontra-se branca e faz algum sentido que assim se apelide de Pedra Branca.

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...