Este espaço destina-se à divulgação da pesca, em especial da pesca à bóia e da pesca de competição, onde relato as minhas pescarias e aventuras na região Oeste e não só.

Segue-me no Facebook

domingo, 28 de outubro de 2012

Pescaria de ultima hora

Depois de ter desmarcado uma nova aula de pesca com pião com o Francisco Muralha por falta de condições do mar bem como do tempo, com o mar na minha zona a apresentar-se muito barrento, bastante mexido e com algum vento.
Ao final do dia recebo o convite para uma pescaria na zona da Ericeira e onde as condições de pesca eram aceitáveis e dava para matar o vício, mesmo com pouco tempo disponível claro que aceitei, pois fim de semana sem pesca não é fim de semana.
Nesta pescaria tive a companhia do meu pai e do colega Pedro Veloso, o local de pesca escolhido foi a Foz do Lizandro, o mar estava a cair e com as aguas a aclararem, estavam reunidas as condições aceitáveis para dar uns peixes.
Começamos a pescar num caneiro a norte da praia, bóias montadas, engodo na agua, e peixe era ás carradas, tudo raia miúda, sargotes, robalinhos, tainhas, tudo devolvido ao mar.

Com a maré já com mais altura de agua mudamos de pesqueiro um pouco mais para sul, mas sem grande sucesso, a pequenada perseguia-nos sem dar tréguas  ainda assim consegui tirar 4 peixes de bom porte, 2 tainhas, uma salema( só peixes de luxo, queria dizer de lixo!!!) que proporcionou uma boa luta, e mesmo a acabar a pescaria um bom sargo, tive mais um ferrado no lançamento seguinte mas acabou por desferrar, ainda fiz mais uns lances mas nem mais um toque, foi peixe de passagem.



Isto anda difícil de peixe, para quando encostam uns sargos em quantidade e qualidade?
Apesar do peixe não ter colaborado foram umas horas(sempre poucas) bem passadas, em que voltei para casa com o espírito revigorado para mais uma semana de trabalho.  

8 comentários:

  1. Boas Pedro!
    Valeu pelo convivio, e as fotos estão muito bonitas, valeu esse bom sargo para safar a grade, e o peixe continua dificil, grande abraço e boa semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vale sempre a pena ir ao mar, pelo convívio e para espairecer.
      O peixe é que anda arredio, assim deixa mais tempo para tirar umas boas fotos, se calhar o melhor é virar fotografo!!!!
      Abraços e grandes fainas.

      Eliminar
  2. Mais uma grande pescaria Pedro, não pela contida-de de peixe mas pelo o convívio,o peixe vem por acréscimo,grandes fotos.
    Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem mais amigo Alexandre, agora que o peixe não aparece como mais queríamos dá para tirar umas fotos engraçadas.
      Um abraço

      Eliminar
  3. Muito bom Pedro, boa companhia e um sargo dos bonitos.
    Olha que já apanhei uma salema XXL na comporta e eu a pensar que era um robalo nervoso, granda bronca. ahahah

    De quinta a domingo era capaz de ir ter convosco um dia, mas o mar está para crescer muito.

    Um abraço
    João Gonçalves

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ora viva amigo João, foi o sargo a safar o dia pena o outro que desferrou, fica para aproxima, e companhia da boa, essa nunca falta.
      As salemas nervosas por vezes pregam-nos partidas, à alguns anos fui pescar com boia de agua com um ragloutt para ver se apanhava um robalo e logo no 1º lançamento tau a cana a vergar e eu todo contente, quando o robalo deu à costa era um robalo americano ás risca amarelas e que chapa fica registado para sempre na memória.
      Quando quiseres vir é só ligar ou aparecer por cá que por norma ao domingo de manhã é dia de mar!!!
      Abraços companheiro

      Eliminar
  4. Grande companheiro,isso é que é persistencia.Não faltas aos treinos!!!Com peixe ou sem peixe,interressa é ir ao mar.Temos que marcar um treininho ligeiro que estou em baixo de forma...ehehe Um abraço

    ResponderEliminar
  5. Tem de ser companheiro pois em breve começa a competição e tenho de estar á altura dos meus adversarios directos, assim sendo nao da para faltar aos treinos, alem de ser uma necessidade que tenho em ir ao mar todos os fins de semana pescar seja em que condiços for, haja ou não peixe e que importa é ir lá!!
    Podemos e devemos combinar uma pescaria, neste momento ando a dedicar-me á aprendizagem da pesca com pião para depois irmos a Calada matar uns sargos velhos.
    Abraços

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...