Este espaço destina-se à divulgação da pesca, em especial da pesca à bóia e da pesca de competição, onde relato as minhas pescarias e aventuras na região Oeste e não só.

Segue-me no Facebook

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Era o que lá andava!!!

Pois é malta amiga, mais um fim de semana e mais uma pescaria realizada, é o ritual anti stress semanal para ir revigorado e fresco para mais uma semana de trabalho, além de fazer uma espécie de limpeza espiritual dos problemas que vamos acumulando.
Com as previsões de mar mexido e maré de lua, que estaria vazia por volta das 10 da manhã fui matar o vicio com o meu pai até à praia da Mexilhoeira em Santa Cruz, depois de analisarmos as condições do pesqueiro que nos agradaram bastante, a cor da agua que estava excelente, e a fisionomia do pesqueiro com bons croeiros de areia nova, com bons agueiros, a ideia era tentar uns robalos nesses agueiros.

Utilizando técnicas de pesca diferentes, eu a habitual bóia ligeira, e o meu pai à chumbadinha, fomos tentando chamar o peixe para os caneiros através de uma engodagem com sardinha migada de forma grosseira e misturada com areia de modo a obter um engodo bastante consistente visto que  a espécie alvo era o robalo.


Como isco utilizamos lombos de sardinha, e demos inicio à faina, eu explorando a zona mais fora e o meu pai um pouco mais dentro, ambos começamos a sentir peixe, mas não foram os desejados robalos, eram tainhas e das grandes, robalos e sargos só mikis que foram sendo devolvidos.
O mar já repontava e peixe comprido nada a não ser as tainhas quileiras que na falta de melhor, proporcionavam boas lutas, já perto do final lá consegui apanhar um peixe para o almoço, uma baila lutadora que teve um ataque fenomenal, dando os típicos saltos fora de agua.

Chegada a hora de ir procurar o almoço a lata estava cheia, mas de tainhas, não sendo o peixe comprido que procurava, estas vieram para casa para fazer uma almoçarada para a família, os pratos vão ser peixe frito com arroz de tomate, e uma sopinha de peixe à moda da minha mãe, é que a vida está difícil e temos de aproveitar tudo, os sargos e robalos ficam para a semana que vem he,he,he!!!!!

18 comentários:

  1. Boas Pedro, se essas tainhas se transformassem em robalos, é que era :):) lavas-te a alta, isso é que foi importante, força ai, abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boas João,
      eu fui em busca dos compridos, mas não era destes, mas é como dizes deu para lavar a lata e brincar um pouco pois eram grandes e deram boa luta.
      Um abraço e boas sargalhadas

      Eliminar
  2. Boas Pedro,
    Ainda assim divertiste a apanhar essas tainhas com o material leve e trazer manjar para casa... Por acaso não gosto muito do sabor, já tentei fazer de diversas maneiras, mas fica um pouco intenso... :)
    Gosto mais dos peixes mariscadores... :) Sou um lambão... :)

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Grande Manuel eu também gosto mais dos mariscadores, mas infelizmente não tenho dado com eles, na falta de peixe nobre marcham as tainhas em postas finas, temperadas com limão, passadas por farinha e fritas com arroz de tomate é bem bom.
      Deu para divertir pois como dizes com material ligeiro dão uma boa luta e temos de trabalhar bem o peixe até o tirar.
      Um grade abraço Sr Lambão

      Eliminar
  3. Respostas
    1. Nem mais Rui, mas gostaria que fosse robalinho, epá deixem lá passar alguns para baixo para a malta safar a pesca.
      Um abraço e bons lances com muito sofrimento

      Eliminar
  4. Boas Pedro,não deixou de ser uma boa pesca,para alem de darem uma boa refeição,força ai amigo,os sargos vem a seguir:))grande abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Numa prova seria uma boa pesca, assim foi uma pesca divertida.
      Espero vingar-me nos sargos este fim de semana, se o mar deixar claro!!!!
      Um grande abraço e bons lances

      Eliminar
  5. Boas Pedro,

    A pesca faz mesmo bem para descontrair e quando andamos com problemas e stress nada melhor que uma pescaria para abstrair . Pena não ter saido uns sarguinhos porque até tem saído uns quantos e bons aí por esses pesqueiros . Mas não deixou de ser uma boa pesca ;)

    Abraço!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Serviu essencialmente para descontrair e desanuviar, para enfrentar mais uma semana de trabalho duro.
      Sei que tem dado uns sargos jeitosos mas não tenho dado com eles, vamos tentando.
      Obrigado e bons lances para ti companheiro

      Eliminar
  6. Enhorabuena por la pesquera y la jornada amigo Pedro, a seguir disfrutando de este apasionado deporte, abrazos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado companheiro Salah, espero que as pescarias que se seguem corram bem melhor.
      Um grande abraço de Portugal

      Eliminar
  7. Muges de águas limpas, quando são grandes, é bem bom nessas condições, fritas e com arroz de tomate.
    Ora bem, o pesqueiro não será bem a "Mexilhoeira" mas sim "Porto Vacas", certo ou errado?
    Foi um bom treino para eventos cujas datas se aproximam.
    Boa noite e até sábado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como diz o outro, há falta de melhor marcham estas.
      Foi sem duvida um bom treino, foi mesmo na praia da Mexilhoeira(virar onde tá a placa desta praia) também conhecida pelos 100 degraus, descer a escada até à praia e pescar um pouco para a esquerda da descida.
      Agora vamos ver como corre a prova no sábado, sem grandes expectativas vamos para a luta, mas com calma, pois domingo é a doer!!!
      Um grande abraço amigo Artur

      Eliminar
  8. Também ando atrás dos compridos, mas nada!!
    Apanhei um badejo , que também vai para a panela
    Grande abraço Pedro

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Grande Sérgio,
      eles vão aparecer, já tenho saudades dos grandes relatos das tuas pescarias aos compridos pá, vê lá se dás com eles.
      Amigo quase todo o peixe é bom para a panela desde que devidamente arranjado e temperado, e o badejo não é excepção.
      Um abraço e bons lances

      Eliminar
  9. Óóóóóooo PEDRO o A. SILVA tem toda a razão vocês estiveram mesmo foi em porto vacas no sabado tml népia 2 chamadas pó galheiro a ver se te encontrava no porto chão para um duelo aos sargos papudos andas com medo ou quê:::::::::: a ver se atinas ABR, Robalo de Carbono

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boas Paulo,
      pelos vistos o Artur tem razão, aquilo é porto vacas, mas no cruzamento da estrada principal tem a placa praia da Mexilhoeira, em que é que ficamos pá!!!
      No sábado estive á pesca em Peniche e não tinha o tlm comigo, depois vi a chamadas mas não te liguei pois já era tarde, não me digas que destes com os sargos papudos no Porto chão?
      Eu continuo sem acertar nos buracos deles, é só miudagem, enfim este ano vai assim, vamos então combinar essa sargalhada para breve se eles andarem por ai.
      Um abraço e bons lances

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...