Este espaço destina-se à divulgação da pesca, em especial da pesca à bóia e da pesca de competição, onde relato as minhas pescarias e aventuras na região Oeste e não só.

Segue-me no Facebook

domingo, 15 de julho de 2012

Tinha de experimentar

Com as férias à vista tinha de ir ao mar experimentar umas novas aquisições que fiz, comprei uns vinis e uns cabeçotes para tentar uns robalos, , como esta não é a minha pesca ando ainda a apalpar terreno, juntei um cabeçote de 10grs ao vinil mas fiquei com algumas duvidas se este cabeçote é o mais adequado para esta amostra, e fiquei com duvidas se estaria bem montado? Será assim??
Não sei se irão funcionar, mas tem bom aspecto e parecem trabalham bem.
Madruguei e por volta das 5 da manhã já estava no mar, desci no Porto Chão e fui varrendo com o vinil toda zona até chegar à praia da Foz, mas nem um toque senti.
Chegado mesmo a garganta da Foz decido mudar de planos e coloco uma amostra, e ao 2º lance ferro este robalão, que por ter excesso de peso foi devolvido ao seu habitat, deu para safar a grade.

Faço mais uns lances troco de amostras mas não senti mais nada e dou por encerrada a jornada, apesar de não ter levado peixe para casa foi um amanhecer muito agradável com um aroma a maresia e uma calma matinal que renova o espírito a qualquer um.
Quanto aos vinis fica a duvida, se funcionam ou não?

15 comentários:

  1. Boa sorte nessa nova arte :)mas quando se é fera na arte da bóia nada mais nos satisfaz
    Um abraço
    JCordeiro

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    2. Boas JCordeiro, ai é que está, estou tão feito à bóia que por vezes custa praticar outro tipo de pesca, mas de vez em quando sinto vontade de por umas amostras a nadar embora vá sempre com pouca fé, mas nunca se sabe!!!!
      O que mais custa é na maior parte das vezes não sentir peixe, para quem está habituado a tirar bastante peixe por jornada é frustrante, mas quando se tira peixe vale bem a pena.
      Abraços

      Eliminar
  2. boas Pedro,continua com esta nova arte e alimenta essa fera que há em ti a pesca tem varios horizontes entre os quais o partilhar está nos podiuns da frente;não desistas ainda poderás vir a ser um grande «spinnmaster»:-)) abr robalo de carbono

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Grande companheiro, estou a preparar-me para esta nova temporada de spinning que ai vem, quero participar no concurso de spinning de Salir do Porto e estar à altura dos mestres, bem que podia ter umas aulinhas com o mestre robalo de carbono, quanto a partilhar tudo o que sei é um lema que tenho não à que ter medo de ser transparente mesmo que na maior parte das vezes os outros não o sejam, temos pena quem perde são eles, pois deixam de criar boas amizades.
      Nunca vou ser um bom spinner pois o preço dos materiais desta arte é tudo muito caro e eu sou um agarrado de 1ª, é tudo material 3 BB´S ;)
      Abraços

      Eliminar
  3. Boas Pedro,

    Poderia ajudar mas de vinil também percebo pouco , só à pouco comecei a ter mais curiosidade em usar vinil e até tem os seus resultados (com alguma insistência)...Definitivamente trabalhar com amostras é o que mais gosto mas há dias de mais vento que tornam.se um pouco difícil de trabalhar e aí o vinil marca pontos...
    Em relação a ver se o vinil trabalha bem ou não, penso que o melhor mesmo e arranjar uma boa poça de água e ver como é o seu trabalhar =)

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boas Inácio,
      Obrigado pela ajuda e dicas, bem sei que aqui na nossa zona o pessoal pesca mais com amostras, mas como dizes o vinil já começa a marcar pontos e também vi que quando está vento lança melhor e trabalha-se melhor que as amostras, à que insistir e ir tirando conclusões.
      Abraços e grandes pescas.

      Eliminar
  4. o amigo INÁCIO tem toda a razão há que,1º fixas uma boa poça entre o 1m e o 0,5 com agua cristalina,levas uma parga de vinis vais vendo ,afinando ,toques,stop and go´s,drop shot... enfim chama-se a isto fazer o trabalho de casa;para mais promenores tens de aguardar pelo video da spinnmaster-team «O SUPER TEASER IBM» eh eh eh eh abr robalo de carbono

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boas Robalo de carbono, eu fiz exactamente isso e o vinil parece trabalhar bem, mas ao que eu me referia era se seria funcional no mar pois estas amostras e estes cabeçotes são para pescar aos achigãs e talvez não sejam uma grade escolha para os robalos mas como me pareceram bons(e estavam baratos) comprei.
      Tambem estou curioso para ver essa montagem do »Super Teaser IBM», quando comprei estes vinis tinha lá vinis iguais aos aos do Spinnmaster que também me chamaram a atenção mas acabei por trazer estes.
      Então e quando é que fazemos uma pescaria robaleira, fico a aguardar o convite para breve, abraços e grandes fainas.

      Eliminar
  5. Insistência amigo,eu também ainda estou no iniçio do plástico e tal como tudo na vida é tempo e prática grande abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem mais grande amigo ntyper, insistência e pratica são dois dos princípios básicos para termos bons resultados na pesca.
      Abraços

      Eliminar
  6. O pá, vai mas é de férias que a pista está torta e tu não sabes dançar...Boas Férias e aquele abraço, força aí nas pescarias Pedro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olha, olha, já cá faltava o pescador de meia tigela de Porto Santo, como é? Vai mas é trabalhar como as pessoas, granda maluco!!!
      Abraços

      Eliminar
  7. Boas Pedro
    Os cabeçotes têm aquela farpa que serve para prender o vinil portanto tens de colocar mais para dentro. Eu inclusive colo o vinil ao chumbo do cabelote.
    Outro especto importante é deixar uma boa parte do anzol de fora para cravar bem no peixe.
    Na minha opinião os vinis são bons para as noites escuras com recuperacoes bem lentas para a cauda emitir vibrações ( cuidado para não prender no Fundo)
    É so uma opinião
    Abraço Rui

    ResponderEliminar
  8. Boas Rui,
    desde já agradeço as dicas, na realidade parecia que algo estava mal e por esse mesmo motivo fiz questão de realizar este post e perguntar na esperançaque o pessoal mais entendido me confirmasse se era assim ou tinha de levar alguns ajustes, ou até mesmo se este tipo de material não fosse funcional no mar.
    Vou rectificar e testar novamente, desta feita espero ter bons resultados.
    Abraços e grandes pescas.

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...