Este espaço destina-se à divulgação da pesca, em especial da pesca à bóia e da pesca de competição, onde relato as minhas pescarias e aventuras na região Oeste e não só.

Segue-me no Facebook

domingo, 23 de dezembro de 2012

Forte e feio é que é!!!!

Já fazia algum tempo que estava prometida uma pesca rija de bóia pião com o amigo Francisco Muralha, esta pesca foi sendo sucessivamente adiada por falta de condições ou de disponibilidade mas este domingo lá conseguimos realizar esta tão desejada pescaria.
Ponto de encontro na Ericeira, entretanto chega o Francisco Muralha com o colega João para nos fazer companhia nesta pescaria.
Depois de um cafézinho lá fomos ver onde havia condições para realização desta pesca, o mar tinha uma cor bastante boa mas com bastante força e com tendência para aumentar, o vento era praticamente nulo, ideal para a pratica da pesca.
Após espreitar alguns locais lá decidimos ir pescar em São Lourenço perto do forte, para esta pesca apenas levei engodo pois o material de pesca o Francisco fez a gentileza e questão de me emprestar, é que para pescar do alto da falésia(25mts ou mais)  não tenho material à altura, ou seja uma cana de 7mts( até doi!!!) um carreto com multifilar 0,19mm com bóia pião de 50grs.

Depois de feito um balde de engodo e atiradas algumas colheradas para o pesqueiro era hora de esticar as enormes varas, após algumas explicações do funcionamento desta pesca  por parte dos especialistas desta arte coube-me a mim a honra de ser o 1º a lançar.
Após alguns lances já dava para ter uma opinião desta arte, dá cabo das costas(e não estava vento), para mares rijos é uma mais valia e dá para pescar em locais onde nunca pensei pescar e sem molhar um pé sequer, e eu que chamava malucos os pescadores que via a fazer este tipo de pesca e agora lá estava eu, ver para crer(diferença do material lihgt para a pesca pesada).



O peixe como tem acontecido ultimamente teimava e não aparecer, e só a miudagem ia ratando as enormes iscadas, só após algum tempo sai o 1º peixe, um sargo para o Francisco, a malta animou com a captura e passado pouco tempo apanho também um sargo.
O João lá tentava a sua sorte com grandes iscadas para os robalões, mas os que lá andavam eram pequenos e após capturados eram devolvidos ao mar, coitados a 25mts, sem para-quedas é complicado.

 Com a maré cheia lá saiu uma ou outra salema e mais umas miniaturas, a malta bem que tentou mas o peixe graudo não apareceu e demos por terminada a pesca.
Foi uma manhã muito bem passada na companhia de boa malta, no final onde apenas se aproveitaram  2 sargos, para mim foi bastante positivo pois tive uma boa lição de pesca rija com professores de 1ª, o que mais me impressionou nesta pesca foi o trabalhar da pesca por vezes a 60mts de nós e mesmo a pescar mesmo em cima das pedras com muita fundura de estralho a pesca não prende, o jingarelho apesar de simples tem alguns pormenores que o fazem funcionar na perfeição.
Quero agradecer aos meus 2 companheiros de jornada a companhia e um agradecimento especial ao Francisco pelo empréstimo do material de guerra dele.   

26 comentários:

  1. Boas Pedro!
    Pois esse tipo de pesca da bons sargos, eu não pesco à bóia mas por vezes faço uma chumbadinha aqui em sagres quando o mar não deixa pescar lá em baixo, e por causa do vicio do spinning perco de apanhar muitos sargos, enfim é uma escolha :)
    Aproveita essa pesca para quando o mar está grande e não deixa pescar lá em baixo...
    Um abraço e bom Natal.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boas Pedro,
      Não é de todo o meu tipo de pesca, mas como dizes é uma opção em dias de mar grande em que não me deixa estar perto da água, e dá para pescar em sítios onde nunca pesco por não conseguir aguentar lá nenhuma bóia.
      Penso que é uma pesca para peixe grande, vamos ver se em saídas futuras vai dar frutos.
      Obrigado e continuação de boas festas.

      Eliminar
  2. Boas pedro realmente é uma pesca que não faço nem a minima ideia de como funciona mas pelo que descreves é como todas as artes para certas circunstâncias de certeza que é fatal,grande abraço e feliz natal,abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boas Nuno,
      Eu também nunca tinha feito este tipo de pesca até porque não gosto de alturas, prefiro pescar perto da agua e levar banho, aqui nem a ponta dos sapatos se molha!!!!
      É mais uma opção para dias de mar mais mexido e com maré cheia, vai servir também para fugir da rotina de pesca ligeira e quem sabe sacar uns grandes exemplares.
      Abraços e continuação de boas festas

      Eliminar
  3. é mais uma opção de pesca para quando o mar não te deixa fazer a tua pesca
    essa varas são muito boas (energy da grauvell)
    Pedro um abraço para ti e para os teus
    Feliz Natal

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem mais Sérgio, e vai servir para variar de estilo de pesca não deixando de pescar à bóia.
      O material era do Francisco, todo muito porreiro assim como ele e o João.
      Abraços e continuação de boas festas

      Eliminar
  4. Esse é um tipo de pesca, rijo..

    Aqui nas Falésias, é o que a gente faz mais, mas por acaso, há muito que já não faço essa arte, comecei a ir mais ao spinning e como podes calcular depois de uma jornada destas fazer uma bóia dessas, uiiui, além das dores o mais importante a concentração, visto que pescamos de falésias de 30m para cima.

    Feliz Natal!

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É sem duvida uma pesca mais dura, em que não pode haver descuido nenhum pois estamos a pescar a uma altura considerável e um erro pode ser fatal.
      As dores a malta aguenta, já a falta de peixe é que nos provoca mais dores, vamos esperar dias melhores.
      Abraços e continuação de boas festas

      Eliminar
  5. Pedro,
    Esse gajo enganou-te! Ficou com as boias pescareiras, que lhe ofereci, em casa e levou essas manhosas de cortiça. AHAHAHAH
    Nesse tipo de pesca prefiro canas telesurf 5/5,50mts e Cw 100/200grs porque são mais rijas para suspender peixe e mais maneirinhas para trabalhar. 7mts, com vento, é do best! eheheheh
    Só mais uma achega... Já tens idade e cabedal suficiente para não estares a clamar dos bracinhos! eheheheh
    Para ti, para o Francisco, para o João e respectivos familiares, desejo Festas Felizes, com muita saúde ; ))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Grande Pêjota, mestre da pesca rija devias era ter vindo connosco para mostrar como se faz pesca radical.
      O Francisco até me pode ter enganado com as bóias, mas eu não me posso queixar do material que me emprestou pois era tudo XPTO e toda a pesca estava a funcionar na perfeição, e como não estava vento a pesca até que nem foi assim tão dolorosa, também devido ao facto de não termos içado muito peixe hi hi hi!!!!
      Olha quando cá vieres a cima trás o material e vamos fazer uma pesca todos!!!
      Quanto aos professores Francisco/João nada a reclamar deram as dicas do funcionamento desta arte sem esconder nada, é coisa rara no mundo da pesca ensinar alguém que não se conhece assim tão bem as manhas da coisa, são muito poucos que o fazem, isso para mim tem muito valor e demonstra uma grande humildade e vontade de partilha, para eles um bem aja e que assim continuem pois certamente vão arranjar muitos e bons companheiros.
      Abraços e continuação de boas festas

      Eliminar
    2. Mestre, quanto muito, das minhas botas! Esse termo é um pouco forte e abusivo. Sei algumas coisas...mas não sei tudo e ainda tenho muita coisa para aprender.
      Assim que tiver disponibilidade e der uma saltada ai em cima, fica combinada uma pescaria.
      Sim, o Francisco/João são pessoas extraordinárias, simples, humildes e que gostam de partilhar aquilo que sabem, sem preconceitos.

      Saúdinha e continuação de Boas Festas!

      Eliminar
    3. Ok, mesmo que seja só das tuas botas, já é suficiente para seres mestre hi hi hi, estava a brincar, na pesca é como dizes nunca sabemos tudo, sabemos algumas coisas mas estamos sempre a aprender.
      Fica combinado quando cá vieres uma pescaria em conjunto.
      Abraços companheiro

      Eliminar
  6. Nunca he practicado esta modalidad de pesca, tiene que ser muy bonita. Enhorabuena Pedro y Felices Fiestas amigo. Un abrazo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boas Salah,
      é um pouco perigosa mas como é diferente da que costumo fazer dá um animo diferente à pescaria, até porque se direcciona para exemplares de maior porte.
      Vou explorar bem alguns pesqueiros que tenho em mente para tentar uns bons exemplares.
      Abraços e continuação de boas festas.

      Eliminar
  7. Em meu nome e do Team fateixas um feliz Natal e muita saude para o novo Ano

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado João Oliveira, umas boas festas e um ano 2013 de excelência para todo o Team Fateixas.
      Abraços

      Eliminar
  8. Boas Pedro!
    Andas a dar-lhe forte e feio,pescar a uma altura dessas ufa,para alem duma manha bem passada,ainda tiraram dois bons sargos,um grande abraço,umas boas festas

    ResponderEliminar
  9. Boas Alexandre,
    é verdade na pesca temos de exprimentar de tudo um pouco para ir tirando algumas ideias, e como tinha bons companheiros que dominam esta pesca claro que não podia recusar um dia de pesca diferente e muito agradavel por sinal.
    Apesar do peixe não ter colaborado como desejavamos ainda deu para safar a grade com um sargo para a grelha, aguardamos dias melhores e esperamos que o mar ajude um pouco.
    Abraços

    ResponderEliminar
  10. Boas Pedro, mais uma solução para pescares quando o mar dá o coiçe:) e quando eles andarem lá certamente vais apanhar bom peixe, um grande abraço e boas entradas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem mais João, agora é por em pratica as dicas adquiridas e esperar pelos resultados, vamos ver como correm as próximas saídas.
      Abraços e boas entradas.

      Eliminar
  11. Foi pena eu não ter podido ir.
    Ainda viram uns peixitos nada mau, os sargos desapareceram. (ontem apanhei um peixito de jeito mas foi com chumbo "ainda" mais grosso).

    Um abraço a todos e Boas Festas e Bom Ano e tudo mais!
    Neste FDS não sei se posso, mas estou tentado a experimentar um carreto novo eheheh

    João Gonçalves

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boas amigo João G.,
      A pesca fui muito divertida e para mim muito proveitosa, além de aprender uma nova arte arranjei mais um companheiro de pesca, outro João.
      Pode ser que na próxima saída nos faças companhia.
      Para ti e para todos um bom ano 2013.

      Eliminar
  12. Amigo e companheiro as minhas desculpas de só agora desejar festas felizes mas nesta quadra do ano outros valores se sobrepoem :)com a idade o meu amigo vai fazer ainda mais este tipo de pesca pois a vista vai faltando para boias de 8 gramas rsrsrs e as forças não vão permitir estar tão junto á agua rsrsrs
    Agora a sério que o novo ano nos traga a todos o que mais desejamos e para si e familia um grande abraço e tudo de bom
    JTCordeiro

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boas amigo J.Cordeiro,
      Antes de mais não me trate por «si» faz-me parecer mais velho, podes tratar-me por tu, não faz mal o esquecimento pois é normal dar atenção 1º aos mais chegados só depois e caso tenhamos tempo aos outros.
      Pois com a idade certamente será essa a tendência mas até lá espero que demore ainda bastante tempo, mas já me vou mentalizando para isso aos poucos, penso que ajudando o meu júnior a pescar me vai facilitar essa fase transitória.
      Abraços com o desejo de um bom ano 2013 para ti e para os teus.

      Eliminar
  13. Bonito artículo Pedro con puestas de altura. Que tengas un muy buen año 2013 y un saludo, compañero.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Ramón Montenegro, para ti e para a tua família um bom ano 2013 com tudo de bom, e muito peixe.

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...