Este espaço destina-se à divulgação da pesca, em especial da pesca à bóia e da pesca de competição, onde relato as minhas pescarias e aventuras na região Oeste e não só.

Segue-me no Facebook

segunda-feira, 27 de maio de 2013

Concurso de pesca de Salir do Porto

Mais um fim de semana, mais uma prova, desta feita em Salir do Porto, onde apenas participaram 60 pescadores, pois coincidiu com outra prova de pesca na Charneca de Cascais, como não podia estar nos dois optei por ir a Salir.
Sem grande conhecimento desta costa, «Vatos» foi o pesqueiro escolhido, fica a sul da baía de São Martinho do Porto, zona de pedra com muitos caneiros, ideal para pescar na baixa mar, e com mar mexido como se previa era uma boa aposta, até porque não conheço outro.
Depois de descer a arriba na companhia do meu pai e do amigo Artur, era hora de preparar o material e engodo para quando chegasse a hora do inicio não perder tempo.

Como as aguas estavam tapadas, optei por montar apenas uma cana para uma pesca polivalente, ou seja que desse para todo o tipo de peixe, assim coloquei um carreto com fio 0,18mm , uma bóia de 3grs numa cana curta de 3,90mts, a ideia era pescar aos pés devido ao vento com intensidade de norte que se fazia sentir, e facilitar a ferragem do peixe.
O engodo de sardinha, migado na hora e só com água, conforme a pesca exigia, para isco sardinha foi a aposta, pois dá para todo o peixe.
Chegada a hora de começo, tentei procurar os sargos entre as pedras, numa zona de agua bem oxigenada e mexida, onde na 1ª hora apenas tirei um sargote e 3 bodiões.
Sem sentir grande coisa, começava a dança de pesqueiros, e fui descaindo sempre para sul conforme a agua foi descendo, O amigo Artur fazia pela vida, mas o peixe estava escasso, o meu pai tinha tirado uma salema e andava a tentar apanhar umas tainhas pequenas e manhosas que lá andavam, encosto-me a ele, mudo o anzol nº4 para um nº8 e tiro 8 praticamente seguidas, elas desapareceram do pesqueiro e as que vinham estavam difíceis. 


Como não tenho paciência para apanhar rabacos(não é que apanhe grandes exemplares), pego no balde de engodo e vou 100mts mais para sul, atrás da lage, engodo forte e consigo encostar lá as salemas, que apesar de andarem a comer mal(pareciam tainhas) fui tirando algumas, com muitas a desferrarem e algumas a levarem o anzol.
A maré já repontava e mandou-me para fora desse buraco, já cá fora tiro uns sargotes e mais 2 tainhas e mais 3 salemas, apesar do peixe ser miúdo, acabei a prova com a lata cheia, no total foram 36 peixes, 12 salemas, 10 tainhas, 4 bodiões(apenas um pesou) e 10 sargotes.

Depois da pesagem confirmou-se mais uma vitória bastante suada e renhida totalizando 2275 pontos, com vantagem de apenas 1175 pontos para o 2º classificado Sérgio Serra ex-campeão nacional de bóia, esta foi uma vitoria com sabor especial por esse facto e por ter sido fora de casa.

Por clubes e equipas a Bordinheira dominou alcançando a vitória em ambas categorias, com boas classificações, 8º Miguel Serra, 10º Joaquim Franco e 30º Artur Silva.
No final no soteio das rifas fui premiado com um grade peru, que fez a viagem comigo até Torres Vedras, foi para acaber em beleza o dia e que me deixou com um sorriso de orelha a orelha.

O Salir está de parabéns, pois tudo esteva bom, ficou apenas manchado pelo facto de coincidir com a prova  de pesca na Charneca de Cascais, o que estragou um pouco a festa, para o ano vamos lá alterar esta situação, que não traz benefícios para ninguém já que existem muitos fins de semana sem provas, e a malta gosta destes convívios.

31 comentários:

  1. Antes de mais, parabéns pela prova e pelo relato da mesma, tendo apenas que retificar que já não sou o actual campeao nacional de bóia, uma vez que o campeão de 2012 é o Paulo Canal. Para quando a vossa (Bordinheira) entrada nestas lides da competição? Um abraço, Sérgio Serra.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boas caro colega Sérgio Serra, o erro já foi rectificado, mas para mim és um campeão na mesma.
      Epá, a Bordinheira(e eu, andamos noutros patamares inferiores, não é que não gostasse de fazer os campeonatos nacionais, mas a vida está tão complicada para gastar dinheiro, é que nessas competições o nível é muito alto, e temos de despender algum dinheiro e muito tempo, para já está posta de lado essa hipótese, mas nunca digo que não!!
      Um abraço e boas provas, já agora quando é que tem provas dos nacionais aqui pelas bandas do Oeste? Para eu ir lá ver e realizar um post engraçado.

      Eliminar
  2. Grande Pedro, campeonatos é contigo, muitos parabéns , grande abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nesta altura do ano é todos os fins de semana, já tenho saudades de ir só procurar uns sargos fora das provas, em breve quem sabe.
      Um abraço companheiro

      Eliminar
  3. Bom dia! Já vi que estás a subir de forma. Muitos parabens por mais uma prestação brilhante. A malta da bordinheira que se ponha a pau na prova interna, estou a avisar.. . Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Grande Nelson, as coisas tem corrido bem e é um facto que estou com a moral elevada, seja para os concursos seja para o campeonato, estou a contar com a tua ajuda para roubares uns pontos ao João, hi hi!! Já que o César está a baixar de forma não é capaz de o fazer LOL!!
      Obrigado pela felicitação e pelo comentário.
      Um abraço e até uma nova pescaria, ou jantarada na adega!!

      Eliminar
  4. Desta vez até trazes um peru para casa...
    Que bela pesca...:)

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Manuel a pesca foi boa, mas o melhor foi mesmo o peru, vai dar umas belas jantaradas, é para desenjoar das salemas, assim como carne, hi hi!!!
      Um grande abraço

      Eliminar


  5. Boas pedro, os parabéns pela vossa prestação..:-)para quem pense que tirar esse peixe à boia é facil...boa sorte...hahaha
    Agora esse peru...Uiiiiiii...já estou a imaginar...hehehe

    Um grande abraço

    Luis malabar

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Luis, é sem duvida um quebra cabeças, mas tirar um robalo é bem mais complicado, já que salemas é aos montes e robalos são poucos e dar com eles é que é difícil.
      Valeu pelo convívio e pelo magnifico peru.
      Abraço e bons lances ai por África.

      Eliminar
  6. Ó Amigo Pedro, eu aprecio o blogue do meu amigo, mas..... olhei aqui para o lado esquerdo e vi que o blogue SpinMaster-qualquer coisa, tem Uma Assistente de Luxo, portanto o meu amigo não leve e mal mas eu agora vou pôr em primeiro lugar o Blogue da assistente. Lol!!!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tá visto que tenho de arranjar uma engodadora dessas ou melhor ainda para nos acompanhar nas nossas jornadas de pesca, amigo Artur você deixa-se comprar por pouca coisa, hi hi!!
      Vou já tratar de contratar uma romena ou uma brasileira para nos dar uma mãozinha e não só na pesca.
      Um abraço e até domingo

      Eliminar
  7. Boas Pedro,meus parabens pela prova,épa o peru esta com uma cara de quem sabe o que lhe vai acontecer hahahah grande abraço amigo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Alexandre, o peru está com cara de quem vai comer comidinha caseira para engordar e limpar as hormonas do aviário, e ficar com carne mais saborosa para depois acabar assado no forno com umas batatinhas novas.
      Um abraço companheiro

      Eliminar
  8. Boas Pedro,

    Parabens ai pela pescaria, cada vez mais dificil de encontrar os bicho grandes.

    Mais vale um peru na mão do que 2 frangos na Baliza do Artur..HEHEHEHE

    Boas Pescarias

    Grande Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Podes crer Nelson, bichos grandes está complicado, mas este fim de semana safei-me com um bom exemplar de 8kgs, foi o peru, melhor que frangos, é que esses dão-me azia!!!!
      Obrigado companheiro, e boas fainas

      Eliminar
  9. Essa dos 2 frangos, cá para mim é que é verdadeira.
    O segundo então..... até parece que o Artur da Baliza queria que ela entrasse, tal foi a demora e a lentidão em lançar-se á bola.
    Será que o homem está comprado? Talvez não, mas ele há coisas!!!!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não percebo muito de bola, mas frangos só gosto assados e com piri-piri, hi hi!!
      Quem sabe se não foi mesmo comprado?

      Eliminar
  10. O comentário anterior é minha.
    Abraço.

    ResponderEliminar
  11. Veo que te diviertes Pedro, me alegra compañero, veo también que tu estás subiendo en puntuación, felicidades también por el pavo, buena cena te dará, un saludo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boas francis, eu quando vou á pesca divirto-me sempre, as provas tem corrido bem e estou subindo de forma, o peru vai acabar no forno.
      Abraços e bons lances

      Eliminar
  12. Bom Relato.
    Sou um frequentador assiduo do seu blogue e está de parabens pelos seus posts e dedicação.
    Hoje resolvi comentar pois andou aqui por perto dos meus quintais, e imagino que a pesca tenha
    sido dificil devido as condições que tem havido ultimamente e essa parte da costa exigir muito boas
    condições para se pescar (para quem não pesca em competição).
    Continuação de boas pescarias e diversão durante as mesmas.
    Paulo Soares

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ora boa noite caro leitor, antes de mais obrigado pelas visitas e pelo comentário, é sempre bom conhecer os nossos leitores e ver que o meu trabalho é apreciado.
      Sem duvida que é um quintal bastante complicado, mas que me agrada bastante no meu tipo de pesca, ou seja em águas baixas e entre as pedras, apesar de não dar grandes peixes dá muita quantidade de peixe, e tem uma paisagem de sonho, que só por si já vale a pena.
      Este fim de semana vou para essa zona para nova aventura, vamos ver como corre.
      Um grande abraço e continue a passar e comentar o meu modesto diário de pesca, pois será muito bem vindo.

      Eliminar
    2. Boas.
      Só agora vi a sua resposta Pedro.
      Se algum dia vier para estas bandas e estiver interessado em conhecer alguns dos quintais que frequento esteja a vontade para dizer-me qualquer coisa, que terei todo o prazer em ter companhia.
      Um Abraço.
      Paulo Soares - oluapinho800503@hotmail.com

      Eliminar
    3. Paulo será com muito gosto que um dia que vá para essas bandas poder partilhar uma jornada de pesca consigo, nem que seja num concurso de pesca, que fora disso nunca vou pescar ai.
      De qualquer das maneiras obrigado pelo convite, fica registado o mail para futuro contacto.
      Um abraço

      Eliminar
  13. Grande Pedro!

    Bem, depois de uma fase menos bem conseguida aqui a uns tempos, agora estás em grande forma e com as mãos quentes! Parabéns!
    Agora esse presente que calhou na rifa ... já deve dar uns bons bifinhos de Glu Glu :P

    Abraço ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boas Inácio,
      A fase menos boa parece que já lá vai e agora com as mãos quentes as coisas tem corrido bem melhor sem duvida.
      O peru foi a cereja em cima do bolo, e vai dar uma boa jantarada.
      Um abraço companheiro e bons lances

      Eliminar
  14. Estimo muito romenas ou brasileiras, mas para a pesca nos concursos não, porque depois elas não nos deixavam pescar. Lol!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ai não, que não deixavam era uma maravilha, ainda íamos para o mar com muito mais satisfação, hi hi hi!!!

      Eliminar
  15. Amigo Pedro,estas a voltar a boa forma.Não é facil ir a outros quintais e sem conheçe-los bem e vencer.Mas havendo peixe nos pesqueiros,tu nao falhas.Em breve vamos la ao quintal das cavalas com o meu sogro para melhorar a tecnica...eheheUm abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Grande amigo Hélder, a jogar fora de casa é mais complicado, pois não sabemos os buracos e horas de maré de o peixe entrar nesses locais, mas se o peixe aparecer não damos hipóteses.
      Quando estiver bom vamos então ao quintal das cavalas, com o teu sogro para aperfeiçoar a técnica, hi hi hi..

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...