Este espaço destina-se à divulgação da pesca, em especial da pesca à bóia e da pesca de competição, onde relato as minhas pescarias e aventuras na região Oeste e não só.

Segue-me no Facebook

quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

Finalissima do Campeonato 2013

Pois bem caros seguidores após um mês de pausa sabática, e também para um descanso, dando mais atenção a outros  projectos pessoais e familiares, estou de volta aos relatos e historias, nada melhor que iniciar o ano relembrando uma das ultimas pescarias do ano transacto.
A 10ª e ultima prova do campeonato da Bordinheira realizou-se no dia 1 de Dezembro, já sem grandes expectativas em revalidar o titulo pois a desvantagem era grande, mas sempre a pensar numa escorregadela do líder, não podia deixar de lutar como sempre faço.
As  condições de mar não eram muito favoráveis, com o mar bastante calmo e as aguas bastante abertas faziam prever uma jornada difícil e com pouco peixe, como a maré estava na vazia logo no inicio da prova, e era a encher até ao final da mesma optei por ir até Porto Chão, em busca de alguns sargos naqueles buraquinhos menos pescados de aguas mais agitadas e um pouco oxigenadas.
Cana montada com o habitual fio 0,165mm e bóia de 3grs, o que até era um exagero para o mar que estava, mas um gajo é teimoso e um pouco comodista,  o que por vezes pode fazer a diferença no final da jornada.
Pesqueiro bem engodado,  e toca de lançar, primeiros minutos e peixe nem sinal, mau queres tu lá ver, mais uns minutos e tá safa a grade, um sargote no limite do peso(200grs), mais umas colheradas de engodo, e mais um sargote no saco.
A maré ia enchendo rapidamente, e o pouco peixe capturado obrigava-me a ir à sua procura, sempre caminhando para norte até à garganta da Foz do Sizandro, experimentando em todos os cantinhos possiveis e imaginários, mas era mesmo dia de pouco ou nenhum peixe, estes kms de costa palmilhados tinham rendido apenas uma misera tainha.

Voltando atrás até ao ponto inicial, onde as condições não agradavam, continuo a caminhar para sul, com apenas 1 hora de pesca, e não tendo muitos mais pesqueiros disponíveis acabei a pescaria na Ursa, pesqueiro que não é do meu agrado, mas onde as condições até que nem estavam más de todo, inesperadamente ainda consegui apanhar um sargo veado, e uma salema, e mais uns sargotes que foram devolvidos.

No final o misero resultado de 3 sargotes, uma salema e uma tainha, pouco peixe para tanto trabalho, mas a pesca é isto mesmo.
Na pesagem do peixe confirmava-se, foi realmente um dia de pouco peixe, após a pesagem e realizadas as contas pelo contabilista de serviço Artur Silva, nesta prova em 1º lugar ficou o Miguel Serra que graças aos seus conhecimentos técnicos da pesca às tainhas, utilizando um fio finissimo de 0,08mm conseguiu enganar umas quantas, no total 5,080kgs totalizando 10290 pontos, para ele os meus parabéns, mesmo apesar de este campeonato não lhe ter corrido de feição é para mim um grande candidato ao pódio final, em 2º ficou o Vitor Migueis com 7280 pontos, e a fechar o pódio ficou o Paulo salgado com 5430 pontos.
Eu acabei por ser penalizado, pois apesar de ter apanhado pouco peixe, 2 dos sargos não atingiram por 5grs o peso mínimo(200grs), na pratica apenas pesaram 3 dos 5 que capturei e acabei por ficar em 7º com 3550 pontos, ficando novamente atrás do João Carvalho, que consolidou o 1º lugar na geral.
Este foi mais um grande dia na colectividade da Bordinheira, com o culminar de mais um ano de grandes convívios de pesca, onde além de todos os pescadores do campeonato, se juntaram à festa muitos mais habitantes e amigos desta terra.



Um futuro pescador do Oeste, Santiago nem durante o almoço largou a cana.

Como já vem sendo tradição, estas finais tem direito a uma grande almoçarada com muitos e variados petiscos, bom vinho e uns doces caseiros como manda a lei, claro que não faltou a boa pinga do Oeste para alegrar a rapaziada.
Depois de todos bem refastelados, com a excelente refeição que a magnifica equipa da cozinha nos brindou(não só nesta prova como em todas), o trabalho ainda não tinha terminado, ainda faltava a entrega final dos prémios, onde apenas vou fazer referencia aos 5 primeiros classificados, mas onde todos os participantes foram fundamentais para a realização destes convívios.
Foto dos 3 lugares do pódio 
Em 1º lugar, merecido e bem destacado ficou o João Carvalho com 31 pontos, para ele os meus parabéns pois fez um grande campeonato e cumpriu com todo o mérito o objectivo a que se propôs, em 2º fiquei eu com 49 pontos, em 3º César Ribeiro com 69 pontos, em 4º lugar Gonçalo Forcada com 75 pontos, em 5º o João Rodrigues com 100 pontos.

O convívio, desportivismo e a amizade imperaram em larga escala ao longo deste campeonato, onde partilho da opinião da maioria, foi sem duvida um grande ano, na companhia de muitos e bons amigos.





Alguns dizem que foi o melhor ano de sempre, eu apenas espero que este ano seja tão bom ou melhor ainda, pois esta colectividade está no bom caminho e merece, um grande OBRIGADO aos mentores e organizadores e todo staff, pois tem sido incansáveis para que todos se divirtam e desfrutem estes momentos da melhor maneira.  

4 comentários:

  1. Ola pedro
    um grande abraço para ti , para os teus e para a colectividade da bordinheira

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Sérgio, para o ano gostava que participasses novamente no grande concurso desta colectividade, pensa nisso companheiro.
      Aquele abraço amigo.

      Eliminar
  2. Está tudo dito. Grande reportagem sobre o desenrolar da Festa da Final do Campeonato de Pesca da Bordinheira, com a componente Pesca, Convívio e Prémios, e ainda algumas peripécias, onde se inclui a grande cambalhota do César que ficou de pernas e cu para o ar, provocando mais uma vez uma risada geral, como já vem sendo habitual a sua atuação divertida. Parabéns ao vencedor do Campeonato, João Carvalho, e a todos os que se lhe seguiram, pelas suas classificações, pelas suas contribuição para o são convívio, e para a transparência nos resultados que também é fundamental para a valorização da prova. Estando este ano classificado de muito bom em participação e convívio, apelo á participação de todos (e mais alguns), no próximo VI Campeonato que é para ver se é possível melhorar ainda mais a performance da prova. Para já, dia 26.Jan, lá estarei, quer faça chuva ou faça sol. Um abraço para o autor deste blogue, Pedro Franco, digno defensor de uma boa posição na prova e grande batalhador em competição e convívios de pesca.

    ResponderEliminar
  3. Esta publicação veio fora de tempo, mas tinha de ser feita, pois só fazia sentido que assim fosse.
    Este ano promete novas disputas para os lugares cimeiros, mesmo com a área de prova até à Ericeira, penso que seria um campeonato mais disputado caso a área fosse reduzida, independentemente disso estamos lá para luta, pescar, beber uns canecos e acima de tudo conviver, seria bom que aparecessem novas caras para entrarem nesta festa.
    Por isso lá estaremos no dia 26 para dar inicio a um novo ciclo, um grade abraço amigo Artur, obrigado pelos elogios mas acima de tudo pela sua amizade.

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...