Este espaço destina-se à divulgação da pesca, em especial da pesca à bóia e da pesca de competição, onde relato as minhas pescarias e aventuras na região Oeste e não só.

Segue-me no Facebook

terça-feira, 21 de janeiro de 2014

Só não deu mais porque acabaram as pilhas!!!

Com o inicio da nova temporada de provas à porta era imperativo fazer um treino de pesca, para verificar se estou em forma ou se a falta de pesca me deixou enferrujado, já lá vão umas boas semanas sem por as artes de molho, uns dias por falta de condições do mar ou atmosféricas outras por falta de tempo.
 Mais uma vez o tempo e mar não ajudaram nada, com muita chuva, vento forte, mar barrento, mas ainda assim tinha de pescar a todo o custo, foi uma pesca diferente do habitual, foi feita com o meu aprendiz.
-Pai já fiz uns lançamentos mas nada, nem conseguimos pescar em condições, tenho estado a analisar o mar e parece que vamos ter de escolher outro pesqueiro para apanhar algum peixe, o que te parece?
Eu concordei plenamente e mudamos para outro pesqueiro, e em boa hora o fizemos pois foi tiro e queda, só não apanhamos mais porque acabaram-se as pilhas he he he he.....


Foi o treino diferente, bastante animado e o possível, para a semana logo vemos se a estratégia defenida vai funcionar na prática.
Um abarco a todos e as pescas possíveis. 


20 comentários:

  1. Boas Pedro e filhote eheh,
    nada mau pelo menos sentiste morder ahahah.SAÚDE.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Podes crer Nuno, para quem já não pescava prai á 2 meses foi muito bom, deu para apanhar uns peixes valentes e ver que o miúdo está em forma he he he ....
      Aquele abraço

      Eliminar
  2. Pedro tal é o vicio :))
    Depois diz que o miudo não dorme por causa da pesca :)
    Assim estás sempre treinado para tirares uns peixes lool
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Podes crer Pedro, eu é que tenho estado em descanso e nem aos treinos tenho ido, posso sempre treinar cá em casa mas não é a mesma coisa.
      Agora que para a semana tenho prova, vamos ver se tenho ritmo para fazer uma boa pescaria, a julgar pela fome de pesca vai ser lata cheia.
      Um abraço e continuação de bons lances

      Eliminar
  3. Ahahahahah, eu quando comecei a ler pensava mesmo que tinhas carregado,ahahahahah, para treinar é bom, grande abraço Pedro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O titulo engana bem, não carreguei mas devia ter carregado mas era as pilhas he he he....
      Sim deu para divertir e passar um bocado com o meu júnior à pesca.
      Um abraço e espero carregar no domingo, vamos ver.

      Eliminar
  4. Quase que aposto que meteste umas pilhas já gastas no jogo para o puto não te dar uma valente cabazada! ahahah
    Quando não há condições a melhor coisa que se faz é aproveitar para estar com a familia.

    Saúde, da boa! ; ))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro que não Pêjota, coitado do puto, isso era jogo sujo, mas olha que ele tem bastante jeito e as pescarias foram bem renhidas, pronto admito que perdi algumas.
      Foi a pesca possível, e assim conseguimos os 2 matar saudades da pesca e estar em família que também faz falta.
      Um abraço e boas varadas

      Eliminar
  5. Grande Pedro, é que nem em casa dás descanso à criança..hahaha..tal é o vicio..:-) Mas mais importante que isso são esses momentos que ficam para a vida..:-)

    Um grande abraço amigo

    Luís malabar

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Descanso Luis, o raio do miúdo é mais viciado do que eu, bem que me tem chateado para irmos fazer uma pesca a sério, mas o tempo e mar não permitem que o façamos.
      Estes momentos ele recordará mais tarde certamente.
      Um abraço companheiro

      Eliminar
  6. Essa esta boa Pedro,hahahaha isso é que se chama pesca com conforto,grande complicidade entre pai e filho,grande abraço aos dois.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Conforto Alexandre, já me doíam os joelhos, e já tinha os braços dormentes, ainda bem que as pilhas acabaram ;) ha ha ha ha....
      Mas foram momentos de galhofa em família, que tanta falta fazem.
      Prá semana é a doer esteja as condições que estiver, vamos ver como corre.
      Um grande abraço

      Eliminar
  7. Una nueva modalidad cuando no acompañan las condiciones hehehe, muy bueno Pedro, tu niño sera un gran pescador como tu compañero, un abrazo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem mais Salah, quando as condições não dão para mais sempre podemos matar saudades da pesca desta maneira. tens de comprar um jogo destes para pescares com o teu aprendiz.
      Aquele abraço de Portugal

      Eliminar
  8. Amigo só tu para me fazeres rir e fazer passar esta telha de não pescar ,mas a pesca é isto mesmo na falta de pesca a sério nada melhor que estar com os filhos (no meu caso netos lol) vamos aguardar se recordas o ano de 2013 também dizíamos mal da vida e no final foi um excelente ano de pesca
    Um abraço

    ResponderEliminar
  9. A ideia era mesmo essa, na falta de pesca a sério deu para me divertir e divertir quem leu este relato diferente do habitual
    Agora que me recordas, este inicio de ano está a ser idêntico ao do ano passado, pena não conseguires pescar nas tuas folgas, mas o dia vai chegar, penso que para este fim de semana e durante a próxima semana já vai dar para ir ao mar, resta saber se o paixe vai aparecer.
    Um grande abraço e boas sargalhadas.

    ResponderEliminar
  10. Assim é que o tio gosta de ti, agarradinho ao plástico eh eh eh eh e a ver se o puto apanha o vicio do spinning :::::::::::::::::::: Abr :) Robalo de Carbono

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois é Paulo é a moda do plástico, embora não seja viciado no plástico de vez em quando lanço umas a mostras para desenjoar, o miúdo pode ser que siga mais esse tipo de pesca pois tem jeito, vamos esperar e ver.
      Um abraço e bons lances

      Eliminar
  11. Ora muito bem, estimulos...
    Passei por cá para ver as fainas, e hoje foi um dia de faina recreacional em familia, muito bom.
    Mas o mar, aquele apelo constante e sempre nessa tola.
    Grande abraço e compra pilhas recarregáveis.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem mais Zé, quando o mar não deixa temos de recorrer a novas tecnologias para estimular a juventude a praticar este desporto he he he....
      Mas como dizes o apelo pelo mar é mais forte, e tu, não sentes o apelo?
      Está na hora de ir dar banho ao material e matar uns peixinhos, pensa nisso.
      Aquele abraço

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...