Este espaço destina-se à divulgação da pesca, em especial da pesca à bóia e da pesca de competição, onde relato as minhas pescarias e aventuras na região Oeste e não só.

Segue-me no Facebook

segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Pesca da sardinha proibida, e agora?

Até ao final do ano, está proibida a pesca da sardinha.
A interdição entrou em vigor à meia-noite de sabado e em causa está o facto de a frota ibérica ter atingido o limite máximo de captura para este ano. 
Esta foi apenas a antecipação obrigada da pausa para o defeso desta espécie que costuma ser feita apenas a partir de Novembro altura da desova.
Como pescador de bóia sou grande consumidor de sardinhas, gasto em média 5kg por pesca para engodo e isca, na maior parte das vezes ainda sobra alguma, olhem que não sou exagerado tenho colegas que gastam 10kg por pesca, eu tento rentabilizar da melhor maneira estes recursos sem desperdiçar nada, além de poupar dinheiro ajudo na preservação desta espécie já que a maior parte da sardinha que gasto é excedente das vendas de peixeiros e que já não servem para consumo. 
Muitas vezes já me questionei, que este tipo de pesca que faço recorrendo a engodo tem os dias contados, ou passará a ser para ricos, senão vejamos, à pouco mais de uma década comprava-se sardinha para engodo a pouco mais de 25 cêntimos kg, agora compra-se a 1 euro e tal, a tendência é o preço continuar a subir dada a escassez de sardinha.
Será que terei de voltar a pescar ao fundo(Surfcasting) ou fazer outro tipo de pesca dentro em breve?
Fica a questão apenas para reflexão.

24 comentários:

  1. Boas Pedro!
    Eu também conheço pescadores que gastam 10kg de sardinha numa pesca a engodar e a pescar...
    Por acaso não sabia que tinham antecipado o defeso, eu todos os anos costumo guardar alguns kgs para pescar no inverno, mas eu gasto meia dúzia de sardinhas numa pesca... Como não estava à espera dessa antecipação do defeso este ano tenho poucas, talvez ainda se arranja algumas congeladas por aí...
    Mas olha que não era má ideia voltares ao surfcasting :)
    Ainda apanhavas aí uns belos duns Robalos :)
    Abraço e força aí.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pedro a meu ver é um exagero, mas não critico quem gaste essa quantidade de engodo, para mim dava-me para 3 pescas.
      Compra das congeladas para comer que são muito boas pois são congeladas na altura em que estão gordas, além de serem mais baratas, como gastas poucas nem vais sentir muita falta, podes sempre utilizar umas amostras a imitar sardinha he he he...
      Se isso vier a acontecer tens razão, apanhava menos peixe mas possivelmente seriam maiores eventualmente dedicava algum tempo à procura de uns robalões ou douradões.
      Um abraço e bons lances.

      Eliminar
  2. temos que inovar , eu por vezes no verão as cavalas mais pequenas guardo-as para misturar com as sardinhas , quando faço engodo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boas João,
      as cavalas são uma opção não só para misturar no engodo como para isco, tem um senão se forem frescas para migar é mais complicado, mas com um dia fora do frio ficam mais macias.
      Uma boa dica sim senhor.
      Um abraço e bons lances.

      Eliminar
  3. Boas Pedro!
    Este fim de semana, fui buscar algumas para o almoço da malta lá de casa e também tive essa triste noticia.
    O peixeiro até me disse, se aparecer alguma na parte dos frescos é porque é Espanhola! Da nossa e por este ano finito.
    O que vale é para as minhas pescas, não preciso de tanta quantidade!!
    Forte abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. boas amigo francisco diga lá ao seu peixeiro que Espanha faz parte da frota ibérica e faz parte da mesma cota de pesca (frota ibérica)

      Eliminar
    2. Para o ano à mais Francisco, temos de contentarmos-nos com a congelada que se for gorda é boa na mesma.
      O que diz o José Teixeira não tenho tanta certeza se é assim, mas se for os peixeiros não deviam comprar pois é ilegal.
      Um abraço para os 2 e bons lances.

      Eliminar
    3. De facto o José Teixeira tem razão no que diz. Espanha também pertence à frota Ibérica e por conseguinte, não a poderá apanhar mais.
      No fundo, 'vendi o peixe que me vendera a mim' :)))
      Forte abraço aos dois

      Eliminar
  4. Soy de Asturias y aqui estan practicamente desaparecidas y cuando las hay en pescaderias estan a casi 10 euros el kilo, este año fue muy malo para la sardina y el bocarte, no hay y mucho me temo que esto ira a peor como siempre....abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Ricardo,
      isto vai piorar de certeza o que é muito preocupante e quanto menos oferta ouver mais cara vai ser isso é uma certeza.
      Um grande abraço de Portugal companheiro.

      Eliminar
  5. Boas Pedro,eu no meu tipo de pesca sem sardinhas não apanho nada,o engodo é o segredo neste tipo pesca,mas tal como tu já vou sentindo o peço dos euros pois gasto em media por pesca 4 a 5 kl.
    grande abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boas Alexandre,
      o melhor é mentalizarmos-nos que mais tarde ou mais cedo vamos ter de deixar de engodar ou reduzir nas quantidades por jornada, mas vai custar-nos muito pois estamos tão feitos a este tipo de pesca que vai difícil.
      Um grande abraço e bons lances.

      Eliminar
  6. Também ando a ver a coisa mal parada. Sou "sardinho-dependente" no que à pesca diz respeito. Nunca consegui habituar-me ao surf casting ou às modalidades com amostra. Gasto, em geral, 3 kg de sardinha por pescaria: a congelada para engodo e a fresca para isco. Nem quero imaginar que alguma dia venha a faltar...

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa noite Mário Pinho,
      desde já agradeço a tua visita e comentário neste espaço de partilha.
      És cá dos meus sardinho dependente, o mais certo é prepararmos-nos pois mais tarde ou mais cedo vamos ter de praticar outro tipo de pesca pois a sardinha vai subir e muito a sua cotação :(
      Geres a sardinha da mesma maneira que eu, embora eu não utilize sardinha fresca para iscar, gosto dela mais macia e o congelador ajuda nesse processo.
      Continua a passar por aqui e comentar sempre que queiras pois és bem vindo.
      Um abraço e bons lances.

      Eliminar
  7. A pesca só está interdita na FAO 27 (Portugal, Norte Espanha e Espanha até Algeciras=, na zona do Mediterraneo (a partir de Algeciras até Barcelona) os espanhois podem continuar a apanhar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boas caro anónimo,
      obrigado pelo esclarecimento bem explicito.
      Um abraço.

      Eliminar
  8. Hola amigo Pedro, pues si tienes la posibilidad de probar con caballas seria una buena alternativa, yo suelo pescar con sardinas también pero estan muy caras y utilizo la caballa, otra opción es cambiar de modalidad, prueba el choco para los robalos seguro que funciona por la costa portuguesa , Un abrazo amigo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boas Salah,
      obrigado pelas sabias dicas, iscar com cavala é muito bom para o meu tipo de pesca, para engodar sai ainda mais caro que sardinha, mas funciona também apesar de ter menos gordura, adicionando um pouco de óleo de sardinha ajuda.
      O choco funciona muito bem aqui, mas na modalidade surfcasting não a pescar à bóia.
      Aquele abraço e bons lances.

      Eliminar
  9. Boas Pedro,
    Pelos vistos tens que ir a Espanha, buscar ai uma tonelada, para depois engodares aos 5Kg´s de cada vez! LOL
    Ou então dedicares a outras pescas de mais paciência mas que às vezes trazem recompensadas mais compridas! :)

    Forte Abraço e força ai com o congelador

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Manuel possivelmente tenho mesmo de ir a Espanha arranjar alguma para atestar a arca para o inverno.
      Este ano vou dedicar-me ao spinning, está prometido, vou investir em material, vou tirar uns babaloos para postar aqui vais ver.
      Aquele abraço.

      Eliminar
    2. Força Pedro!
      Espero que dês com eles... Pelo menos é uma modalidade, diferente do que estás habituado, pesca-se mais grosso... LOL

      Forte Abraço e força com eles...

      Eliminar
    3. Tenho uma meta estipulada, tenho de apanhar pelo menos 10 robalos nesta temporada, até Março e pelo menos 2 deles acima dos 4 kg.
      Vamos ver se consigo.
      Aquele abraço e viva os babaloos...

      Eliminar
  10. boas
    antes demais PARABÉNS pleo blog gosto muito de aqui vir ler e aprender e tbm conheçer um pouco a PESCA HÁ bóia de competiçaO. e cada vez corrico mais e faço menos bóia embora seja a pesca que mais gosto pois o preço da sardinha cada vez irá subir mais o que faço por vezes é usar bastante pâo velho com oleo de sardinha e areia ou cavala e desenrrasca.outra coisa que ja vi fazer e até trouxe umas tainhas ao pesqueiro foi sangue de porco com areia vi um conheçido a fazer e deu frutos naquele dia naon sei se será uma coisa que tenha consistênçia ou realmente dê frutos para usar sempre como alternativa.temo que seja uma pesca que vá desapareçendo devido aos elevados custos que cada vez sao maiores e tbm pelo apraçimento de outras pescas menos sujas e por vezes mais baratas.

    ABRAÇO

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa noite Francisco,
      desde já agradeço a visita e comentário bem como os elogios, é bom saber a satisfação dos leitores.
      A pesca à bóia é para mim a pesca mais divertida e activa como tal a minha preferida, as pescas de espera não me satisfazem pois o tempo que tenho de pesca é reduzido e nem sempre o mar tem condições na minha costa para spnning, à bóia consigo pescar com qualquer condição de mar.
      Quanto ao pão é uma ajuda já experimentei misturando com sardinha e areia dá uma boa consistência alem de ser bom para as tainhas.
      A cavala é sem duvida uma alternativa mas também não é barata, quanto ao sangue de porco nunca tinha ouvido falar, mas sangue de boi sei que é bom principalmente para encardumar à tona tainhas em pesqueiros de mar fundo e calmo tipo Peniche e Cascais, apesar de ser proibido o uso deste engodo sei de quem o use em concursos de pesca.
      Eu sou apologista de engodo simples e sem aditivos nenhuns, apenas sardinha, muitas vezes rançosa e meio cozida pois sobra de umas pescas para as outras e volta a ser congelada o que lhe dá um odor ainda mais apurado he he he...como isto está não se pode desperdiçar nada é tudo aproveitadinho até engodo de outros pescadores deixado nos pesqueiros eu aproveito, já dizia o meu avô no poupar é que está o ganho.
      Continua a passar por aqui e a comentar sempre que queiras pois és bem vindo.
      Um abraço e bons lances.

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...