Este espaço destina-se à divulgação da pesca, em especial da pesca à bóia e da pesca de competição, onde relato as minhas pescarias e aventuras na região Oeste e não só.

Segue-me no Facebook

quinta-feira, 26 de março de 2015

Quem não arrisca não petisca

Com o Campeonato de Pesca na Bordinheira a arrancar todo o gás, hoje vou relatar a 2ª jornada realizada este passado domingo, onde já se começara a definir os principais candidatos ao pódio.
Esta foi uma jornada negra para mim, sem grande tempo para analisar o mar no dia anterior, decidi a escolha do pesqueiro um pouco ás escuras, ainda por cima resolvi não seguir os bons conselhos de um amigo, que me fez esse trabalho minuciosamente e tirou bons dividendos dai.
Para esta jornada além do meu companheiro habitual, tive como convidado de honra, o Pedro Batalha do blog Pescatuga, que decidiu e muito bem vir participar neste convívio. 
Como ele não conhece muito bem esta costa, ajudei-o na escolha de um pesqueiro que fosse de encontro ao seu tipo de pesca(pião), assim fomos até aos Coxos, mas a cor castanha das aguas deixava muito a desejar.
Resolvemos então ir espreitar mais próximo da Ericeira, foi no César onde acabei por realizar a minha jornada, o Pedro Batalha optou pelos Coxos.
Com uma grande vazia optei por procurar aguas mais fundas, comecei a pescar à bóia por baixo do Forte de Mil Regos, após alguns lances sem sentir peixe, com o trabalhar do mar a não me agradar foi batendo vários caneiros com os mesmo resultados.



A coisa não estava famosa, muita areia nos pesqueiros e as aguas tapadas dificultavam o trabalho, Foi já no matadouro que consegui dificilmente enganar os meus únicos peixes desta jornada, 3 tainhas foi o que se pode fazer, devido à falta de peixe o meu pai e o Pedro Batalha acabaram a jornada em branco.
No regresso à sede da Bordinheira onde se realizou a pesagem do pescado, uma enorme surpresa e satisfação, um belo robalo apanhado ao spinning pelo meu colega Eduardo Arrenegado fazia as delicias dos pescadores participantes, em especial do autor da proeza.



Numa conversa com o Eduardo antes de irmos para o mar, ele dizia-me que ia pescar ao spinning, ao que eu lhe disse que o mar não tinha condições para esse tipo de pesca, pois o mar agitado e barrento trazia poucas hipóteses de sucesso para a jornada, ele alegremente respondeu «Vim apenas para me divertir e conviver, na jornada anterior gradei à bóia, agora vai ser ao spinning».
E não é que a sorte lhe bateu à porta, já diz o ditado, quem não arrisca não petisca, e ele petiscou mesmo, vá um gajo perceber alguma coisa disto, com mar bom um gajo não apanha nada ao spinning e com um mar destes e cor de agua que não lembra a ninguém sai um barrote destes, enfim!!!!
Depois da pesagem realizada e a barriga bem atestada com um bom cozidinho à Portuguesa era hora de saber os resultados finais, em 1º lugar destacadamente ficou O Eduardo Arrenegado graças ao robalão de 4,065kg, totalizando 16260pts, para ele os merecidos parabéns, pois além de ser o maior exemplar da prova até agora, foi para ele também o seu recorde.


Em 2º lugar ficou o Artur Silva com 10265pts a fechar o pódio ficou o Jorge Carvalho com 9810pts, eu fiquei-me por um modesto 11º lugar, o campeonato está ao rubro este ano, que venha nova jornada para se começarem a definir os candidatos ao pódio final.

12 comentários:

  1. Boas Pedro,
    Parabéns ao Eduardo!
    Quer dizer que nessa competição pode-se pescar em qualquer modalidade?
    Bem acho que o pessoal agora vai-se virar todo para o spinning... LOL

    Forte Abraço e que venham as próximas jornadas com melhores resultados para ti :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Alô grande Manuel,
      Os parabéns são mais que merecidos, nesta competição pode-se pescar a qualquer tipo de pesca desde que seja apeada.
      O pessoal vai continuar a fazer a pesca normal, pois é a que dá garantia de bons resultados, este acontecimento foi pouco normal, por varias razões, mar sem condições para spinning, e o peixe foi capturado fora das horas quentes, mas a pesca é assim mesmo, mas foi um agradável acontecimento.
      Eu vou tentar melhorar as minhas pescarias, pois não posso perder o comboio dos primeiros, já estou a 10 pontos da liderança à 2ª prova o que já é significativo.
      Grande abraço e bons lances.

      Eliminar
  2. Boas mestre Franco ;)

    Uma grande verdade, quem não arrisca não petisca e aqui está a prova ;)

    Parabens ao Edurado, um bom robalinho e ainda por cima na minha modalidade preferida, o SPINNING ;)

    Grd abr abr a todos e vamos ver como decorre o resto do campeonato ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boas Master Matos,
      é a pura da realidade, arriscar, muitas vezes corre mal, mas de vez em quando lá calha.
      O Eduardo arrisco e sorriu, e de que maneira, bateu o seu recorde largamente.
      vamos ver como decorrem as próximas provas, espero que melhor, pelo menos para mim que ando uns furos abaixo do normal.
      Grande abraço companheiro.

      Eliminar
  3. Boas Pedro
    como falamos na pesca não há certezas eheh é preciso ir ,saber e ter um pouco de sorte ..SAÚDE

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boas mestre Nuno,
      tal como tinhamos falado, a pesca é mesmo uma caixinha de surpresas, estar na hora certa e no momento exacto tem destas coisas, além deste que apanhou teve lá outro que não conseguiu ferrar e acabou por lá ficar.
      Saúde da boa e boas varadas.

      Eliminar
    2. Boas Pedro ,dês de já os meus parabéns ao Eduardo pelo robalão,para a próxima estarás lá em grande:)))
      Grande abraço amigo

      Eliminar
    3. Grande Alexandre, o Eduardo agradece, ele bem mereceu este exemplar.
      Eu cá vou andando na luta para tentar subir na classificação, mas esta complicado, logo veremos como corre a próxima jornada.
      Forte abraço.

      Eliminar
  4. Boas Pedro
    Pois é eu ia mesmo naquela de me divertir com o meu amigo André e longe de pensar em ficar classificado quanto mais de ficar em primeiro lugar por isso é que escolhi ir ao spinning que é uma pesca que a sua técnica em si o material leve, o tentar imitar uma presa em fuga enganar um predador e o facto de andar sempre a tentar vários Spots é uma pesca muito prazerosa para mim mesmo quando grado gosto mesmo de spinnar.
    É claro que foi uma enorme alegria para mim está vitória não só do primeiro lugar da prova mas principalmente pelo troféu que foi para mim esta captura.
    Agora anseio pelo dia em que possa superar o meu recorde a até sonho com a pesca.
    Temos de lá ir dar neles Pedro
    Grande Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boas Eduardo,
      saiu-te a sorte grande camarada, apostaste e saíste vitorioso e com um belo tarolo, recorde que agora vai ser mais difícil de bater, mas não impossível.
      Eu não apreciava o spinning, mas agora já me habituei e gosto bastante, logicamente nas provas não arrisco neste tipo de pesca, mas fora de competições vou lá.
      Imagino a tua alegria, é uma sensação brutal saber que do outro lado da linha temos um grande exemplar que nos faz acelerar o coração a mil à hora.
      Claro que lá iremos tentar algumas vezes, pode ser que a sorte nos sorria.
      Grande abraço e continuação de boas varadas.

      Eliminar
  5. Boas Pedro, desta vez a sorte não te sorrio,
    Ai o teu amigo é que ficou com um sorriso de orelha a orelha, ahahahahah, grande robalão:)
    Parabéns pelo post e dá-lhe ai nos sargos que eles andam ai:)
    Um grande abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boas João Santana,
      este ano a sorte anda difícil de encontrar, não é que não a procure, mas tem-me escapado.
      Já o Eduardo procurou-a e não podia ter corrido melhor, sorriu e de que maneira, grande barrote ;)
      Vou tentar encontrar alguns desses sargos pá, mas não me cheira, tem estado muito escasso desse peixe por aqui, desse e de muitos outros....
      Grande abraço e valentes sargalhadas.

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...