Este espaço destina-se à divulgação da pesca, em especial da pesca à bóia e da pesca de competição, onde relato as minhas pescarias e aventuras na região Oeste e não só.

Segue-me no Facebook

domingo, 20 de maio de 2012

2º convívio de pesca do A.C.D.R. Coutada

Hoje realizou-se um convívio de pesca na Coutada para o qual fui convidado pois sou quase um filho da terra uma vez que o meu pai é natural de lá e onde tenho boas amizades.
Como local elegido para tentar ganhar a prova voltei novamente ao Porto Chão, mas desta feita com o mar e o estado do tempo com péssimas condições o que viria a dificultar muito pesca.
Esta pescaria resume-se muito rapidamente, desço até à praia a maré estava praticamente na baixa mar, faço o engodo e monto uma cana, começo a pescar e reparo na quantidade de limos em suspensão na agua que com a agravante do vento tornavam a pesca quase impossível, neste pesqueiro nada de peixe, decido mudar para outro onde o resultado viria a ser o mesmo.
Continuando na dança de pesqueiros e peixe nem sinal, com excepção de uma ou outra sargueta sem medida, que foram devolvidas ao mar.
Nesta altura começava-me a questionar onde andaria o peixe pouco depois tiro uma tainha pequena, insisto mais neste pesqueiro na esperança de conseguir tirar mais alguma, mas a desilusão persistia.
Mudo uma ultima vez de pesqueiro(nesta altura já estava a 2km do carro), e tiro um pequeno robalo que só trouxe por ter embuchado o anzol, um crime, pobre desgraçado.
No final estava bastante desiludido com a ausência de peixe nos pesqueiros, dos dois peixes que tirei nenhum pesou, que miséria, ou seja fui como se tivesse gradadado, coisa que não acontecia já a algum tempo.
Na pesagem do pescado todos se lamentavam da ausência de peixe, onde apenas 10(em 40) conseguiram pontuar.
Em 1º lugar ficou o Filipe Ferreira com 3400 pontos resultado obtido com 3 tainhas.
Foi uma pescaria que correu muito mal mas que eu faço questão de publicar para demonstrar que nem todos as idas ao mar são de sucesso, em que a ausência de peixe não deixou fazer melhor, quando se está habituado a apanhar sempre uma boa quantidade de peixe, um dia se sentir nada é pura tortura, mas  à dias assim!!! Esperamos melhores marés.  



19 comentários:

  1. Mesmo com a fraca pescaria tenho a certeza que foi forte o convivio amigo,pelo menos na altura em que andava nessas andanças assim o era,e o que não nos mata só nos torna mais fortes,para a próxima ainda vais querer lutar mais(desta vez já foi forte quase a 2km do carro isso é mesmo lutar e gosto)um grande abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Grande ntyper,
      Sem duvida que vale sempre a pena pois o convívio é excelente.
      Quanto à pescaria é sempre até ao fim, pois tenho sempre em mente uma lição dada pelo meu pai num concurso num dia de mar muito manso onde a 5 minutos do final eu tinha 6 peixes e o meu pai nada e entretanto ele saca um robalo de 3kg e ganhou essa prova onde estava em jogo uma viagem para 2 pessoas à Madeira, desde esse dia é dar o maximo até ao apito final.
      Abraços

      Eliminar
  2. Os bons resultados por vezes aparecem, vez sim, vez não, portanto no próximo vai ser canja, é até cansar o braço.
    Então e o almoço feito pelos chiefs cozinheiros da Coutada? Que tal? Um abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boas amigo Artur,
      Sem duvida que à dias assim, quando assim é nada mais à a fazer senão esperarmos pela pescaria seguinte e vingarmos a jornada anterior.
      Quanto ao almoço foi uma boa feijoada, mas nada comparada com a maravilhosa feijoada à Joaquim de Miragaia, foi uma brincadeira engraçada e para o ano é para ganhar.
      Abraços

      Eliminar
    2. Bom dia seu persistente, lá diz o ditado, quem persiste(quase)sempre encontra. Venho agradecer as referâncias á feijoada á Joaq.Miragaia. Mas a maior referência é essa do Robalo 3kg nos últimos 5 minutos. Espectáculo. Essa ainda eu não sabia, o mestre Joaquim é um homem que sabe "rezar", e ainda por cima deu logo para ganhar. Vou pedir-lhe para me ensinar a apanhar robalos, uma vez que nas últimas pescarias, e uma foi no domingo, perdi 2 robalos já ferrados. BOA SAÚDE E MUITA PESCA.

      Eliminar
  3. Boas Pedro,se gradaste.E porque nao havia peixe,que eu conheço a tua persistencia.Andaste 2 km,arrebentavas com as minhas pernas...ehehe.O que valeu foi a seguir o almoço.ABRAÇO

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi isso mesmo que aconteceu, farteime de fazer pesqueiros mas não sortiu resultados, não havia peixe no mar.
      Se tivesses ido de certeza que rebentavas, porque depois de andar muito no final ainda tinhas uma contagem de montanha de 1ª categoria, até te saiam os bofes de fora!!!!
      Temos de fazer uma pescaria lá para experiência.
      Abraços

      Eliminar
  4. Más suerte en la próxima salida Pedro.Saludos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa noite Iván,
      Esperamos melhores dias de mar, com boas capturas, que sabe se não será já este fim de semana.
      Abraços

      Eliminar
  5. Boas Pedro!
    Grande pescador e muito preexistente:)))
    Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ora viva mestre Alexandre, é também uma virtude e qualidade que caracteza a minha maneira de pescar, procurar o peixe e não esperar o peixe, por vezes perco algum tempo a procura-lo mas quando o encontro não perdoo.
      Abraços

      Eliminar
  6. Grande Pedro! Pescaria é assim mesmo, um dia é do pescador e outro do peixe.
    Estou preparando uma postagem para sua questão sobre como preparar as Tainhas, esta semana publico e te informo.
    Abraços.
    www.Pescalitoral.com.br

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A pesca é assim mesmo, ele à dias em que no mar não deve existir vivalma, e nesses dias nada mais podemos fazer.
      Quando sair esse post vou de propósito apanhar umas tainhas para cozinhar à vossa maneira.
      Estou ancioso.
      Abraços

      Eliminar
  7. Bom dia seu persistente, lá diz o ditado, quem persiste(quase)sempre encontra. Venho agradecer as referencias á feijoada á Joaq.Miragaia. Mas a maior referência é essa do Robalo 3kg nos últimos 5 minutos. Espectáculo. Essa ainda eu não sabia, o mestre Joaquim é um homem que sabe "rezar", e ainda por cima deu logo para ganhar. Vou pedir-lhe para me ensinar a apanhar robalos, uma vez que nas últimas pescarias, e uma foi no domingo, perdi 2 robalos já ferrados. BOA SAÚDE E MUITA PESCA.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amigo Artur,
      Essa historia é sem duvida uma lição para quem faz competição, que muitas vezes recordo muitas vezes em dias de pouco peixe, pois de um momento para outro tudo muda.
      É por estes motivos que gosto da pesca cada dia tem a sua historia, nunca temos 2 dias de pesca iguais.
      Abraços

      Eliminar
    2. É bem verdade, cada dia tem a sua história. E são histórias que nos agradam bem. Por isso é que no Domingo lá estaremos a colaborar noutra história que se vai passar na costa da Charneca. Boa saúde e muita pesca.

      Eliminar
    3. Assim vamos ver como irá acabar essa história!!!!
      Abraços

      Eliminar
  8. Boa sorte aos dois,para essa pescaria na Charneca.Abraços

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pelo menos o almoço é garantido, tudo o que vier por acréscimo já é bom.
      Abraços

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...