Este espaço destina-se à divulgação da pesca, em especial da pesca à bóia e da pesca de competição, onde relato as minhas pescarias e aventuras na região Oeste e não só.

Segue-me no Facebook

terça-feira, 22 de abril de 2014

Longe da confusão

Sem grande tempo para pescarias durante este fim de semana prolongado, tinha de fazer o gosto ao dedo de qualquer maneira, precisava de espairecer e desanuviar a cabeça das agruras da vida.
Como o mar era manso pensei em ir lançar umas amostras, mas sabendo que tinha dado uns carapaus à bóia, há ultima da hora optei por ir fazer esta pesca, tirei umas sardinhas para engodo e isca já bem tarde, nem tempo tiveram para descongelar, foram descongelando ao longo da jornada, ao preparar o material 1º contratempo, reparei que não tinha starlights, já eram 11 da noite e já não dava para comprar em nenhuma loja, lá tive de ligar a um colega para me dispensar alguns para poder pescar, com o problema resolvido fui dormitar umas horas antes de ir para o mar.
4 da manhã toca o despertador, arranco para o pesqueiro com a chuva ritmada a marcar compasso, a ideia era ir fazer o romper da manhã aos Coxos, quando lá cheguei já lá estava malta a bombar neles, não eram muitos pescadores, uns 15, mas como o pesqueiro é relativamente pequeno tornava-se já muito confuso.
Não fui para a molhada, fiquei a pescar no mesmo sitio, mas mais junto a terra para não estorvar, mesmo assim passados meia dúzia de lançamentos aconteceu o que menos desejava, pescas cruzadas e enrolei a pesca com mais 2 pescadores, ora bolas, não era nada disto que queria, queria estar sossegado sem stress junto ao mar longe da confusão. 
Pescas cortadas e mudança de planos, fui em busca do meu sossego mais para sul no final do lajão, os sargos ou algum robalo passavam agora a ser as espécies alvo, faço nova montagem com fio 0,20mm e bóia de 5grs, engodo o pesqueiro e logo no 1º lançamento tiro uma baila, a chuva acalmava e pouco tempo depois tiro um sargo jeitoso, tiro mais uns sargotes pequenos que devolvi ao mar, o dia já clareava e a maré dava a volta.
Sem mais sinal de peixe fui um pouco mais para sul, até aos Guiões, pescar no no Guião de dentro, onde acabei por compor a pesca com mais uns sargos, o tempo descobriu e o sol tornava as aguas mais abertas deixando de sentir peixe de qualidade,  onde apenas consegui tirar umas quantas salemas que estavam num dia de sorte e foram sendo devolvidas.






Era o sinal para dar a pesca por terminada, além disso era domingo de Pascoa, dia para estar com a família e o cabrito que já estava no forno chamava por mim, não queria chegar atrasado a esse encontro.
Apesar do mau começo foi um razoável dia de pesca, para as condições de mar que estavam os sargos deram algum alento, foi um bom tónico para mais uma semana de trabalho.
Um abraço a todos e bons lances. 

19 comentários:

  1. Aguantaches baixo a chuvia e os peixes saíron. Na cama non se pescan jajaja. E ademáis foron capturas variadas.
    Sen embargo, eu prefiro o cabrito do forno jajaja.

    Noraboa e un saudo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem mais Josiño, o importante é lá irmos faça chuva ou faça sol, nunca sabemos quando o peixe está por lá, desta vez apareceu, vamos ver da próxima.
      O cabrito da Pascoa estava uma maravilha, e com o apetite que trazia vindo da pesca soube melhor ainda.
      Um grade abraço de Portugal

      Eliminar
  2. Boas Pedro!
    "Não eram muitos pescadores, eram só 15!!!!"
    Acho que a vez que pesquei com mais gente ao meu lado eram prai uns 4, e já eu andava stressado com aquele mar de gente, já aconteceu encontrar os pesqueiros assim, mas dou logo meia volta e deixo a promessa de só voltar lá daqui a cem anos...
    Em boa hora mudaste de planos e foste embora, e conseguiste tirar uns peixes :)
    Mas bom bom devia estar esse cabrito no forno :))))
    Abraço e força aí.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boas Pedro,
      Eu digo que não eram muitos pois chegam a estar 30 ou mais a pescar ao carapau neste pesqueiro, parece uma árvore de natal toda iluminada de starligths he he he.
      Eu também não gosto de pescar com muita gente no mesmo pesqueiro que eu, mas nesta pesca não temos hipóteses, o carapau encosta praticamente numa zona de 50 mt e cai lá toda a gente, se quero comer uns carapaus tenho de aguentar.
      Os sargos já começam a dar sinal para minha alegria, mas o que me satisfez mesmo foi o cabrito no forno, vinha cá com uma galga do mar, foi a varrer he he he...
      Um abraço e bons lances

      Eliminar
  3. O mar tinha bom aspecto nas primeiras fotos Pedro. Deu para safar uns sargos jeitosos e aliviar o stress... É isso que faz falta, é ir e vir com saúde e preparado para mais uma semana de trabalho!

    Um abraço amigo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boas Cristovão,
      o mar estava com uma cor azul espectacular, mas com as aguas um pouco abertas demais, tive de procurar pesqueiro mais fundo e onde fizesse alguma feição, e até que não correu mal de todo, deu uns sargos e deu para desanuviar a cabeça e ficar em forma para mais uma semana de trabalho.
      Um abraço e bons lances companheiro

      Eliminar
  4. Pedro, parabéns pelos peixes.
    Comigo aconteceu parecido, achei que não teria tempo para a pesca, mas no fim consegui molhar as linhas. Aproveitei a segunda-feira que também foi feriado no Brasil, consegui fisgar vários peixes, mas nada que desse pra aproveitar. Faz parte.
    Abraços

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Complementando, as vezes o tempo é curto, mas quando possível é preciso aproveitá-lo com a linha na água!! hehehe
      Este cabritinho devia estar uma delícia!
      Abraços

      Eliminar
    2. Obrigado Companheiro, por vezes estas pescarias programadas em cima da hora dão bons resultados,como foi o caso, mesmo com pouco tempo temos de lá ir fazer o gosto ao dedo e por as linhas de molho.
      Eu muitas vezes também tenho dias que apanho muito peixe mas nada de se aproveitar, as salemas nesta altura invadem a costa e são aos milhares, mas é um peixe que não vale nada, a pescas tem dias assim, temos de comer carne em vez de peixe he he he.
      Um grande abraço de Portugal e bons lances

      Eliminar
  5. aquele pesqueiro ´muito bom no verão.. tira-se sacos de carapau.. no tempo em que estamos 3 dias antes apanhei 17 bons!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boas tchics,
      desde já agradeço a visita e comentário aqui no blog, quanto ao pesqueiro em questão é sem duvida um bom pesqueiro, dá uns bons sargos, umas salemas, e carapaus, desta vez não mas um destes dias volto lá para tentar pois eles andam encostados.
      Um abraço e continua a passar aqui pelo blog pois és sempre bem vindo.

      Eliminar
  6. Ainda safas-te os sargos Pedro, nada mau, esse petisco é que devia estar um luxo,ahahahhahaha, grande abraço amigo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boas João,
      deu para matar o vicio sargalheiro, eles parecem querer encostar, mas bom bom estava o cabrito feito no forno a lenha, já foi he he he.
      Um abraço e bons lances

      Eliminar
  7. Mereció la pena madrugar temprano Pedro, muy bien aprovechada la jornada de pesca si señor, enhorabuena amigo, un abrazo desde Cadiz

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boas Salah,
      sabe sempre bem levantar cedo e ir para o mar sentir aquela brisa marítima, e algum sossego, que não foi o caso na 1ª hora de pesca.
      Depois de uma frustrada tentativa aos carapaus tive de me virar para os sargos, e até dei por bem empregue o tempo pois apareceram uns sargos jeitosos.
      Aquele abraço de Portugal

      Eliminar
  8. Uma pesca porreira de sargos,mas esse cabrito no forno aiiiiiiii que faz agua na boca hahahahahaha,grande abraço amigo

    ResponderEliminar
  9. Boas Alexandre,
    Olha que o cabrito estava um espectáculo, mas os sargos grelhados não lhe ficaram nada atrás, bem gordinhos e saborosos.
    Um grande abraço e bons lances

    ResponderEliminar
  10. Boas Pedro.
    Não começaste a faina como desejavas mas acabaste muito bem.Nos Coxos nas Pontes com tempo bom só apanhar quinze pescadores é excelente.Fizeste muito bem andar mais para sul.Saíste da confusão e acabaste por fazer uma boa pescaria.
    Abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Correu melhor do que esperava pois as aguas estavam abertas, até nem estava muita gente aos carapaus nos Coxos, já lá estive em dias que deviam lá estar 60 pescadores, mas desta vez desisti, volto lá mais tarde quando todos já estiverem fartos de carapaus e cavalas.
      Um grade abraço e continuação de bons lances

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...