Este espaço destina-se à divulgação da pesca, em especial da pesca à bóia e da pesca de competição, onde relato as minhas pescarias e aventuras na região Oeste e não só.

Segue-me no Facebook

sexta-feira, 25 de julho de 2014

Possivelmente fruto de alterações climatéricas

Sargos Bicudos, não sendo muito habitual aparecerem pela costa Oeste, mas nos últimos anos, principalmente no verão, tem-se capturado pontualmente alguns exemplares desta espécie em certos pesqueiros, nomeadamente na zona da Assenta.
Nestas foto vê-se perfeitamente as diferenças entre as 2 espécies de sargos, os da direita são os legítimos, os da esquerda são os bicudos.




Tal como o nome indica, o sargo-bicudo distingue-se pela sua cabeça invulgarmente alongada, que termina numa boca pequena em bico, bem diferente do sargo legitimo. Esta espécie costeira surge em fundos de rocha ou pradarias de erva marinha, junto à zona de rebentação, onde encontra alimento.
A alguns anos atrás era para nós pescadores desta zona uma espécie praticamente desconhecida, tentando perceber o porquê destas aparições, só vejo uma razão, possivelmente serão fruto de alterações climatéricas, talvez derivado do aquecimento das aguas.
Que mais surpresas nos reserva este oceano?
Um abraço e boas e insólitas capturas.

8 comentários:

  1. O Sargo-Bicudo ou Cidra aparece pontualmente como também leva anos sem se ver, à semelhança de outros peixes, tais como o Pargo Mulato ou a Raia Viola. Não é uma espécie que abunde como os seus "irmãos" legitimos ou as Safias.

    Saúdinha! ; ))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não sendo habitual aparecer nestes últimos anos tem saído mais que o normal o que me leva a pensar numa explicação para estas raras aparições, quanto aos peixes que referiste Pargo Mulato ou a Raia Viola nunca vi sair aqui na minha zona.
      Vamos ver que mais surpresas nos reserva o mar.
      Um abraço e saúde da boa.

      Eliminar
  2. Boas Pedro..:-) já arranjaste almoço..hehehe. Eu costumava ver os sargos bicudos de Sines para baixo e no algarve, sempre no verão.

    Um abraço amigo

    Luís Malabar

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boas Lúis,
      estes sargos bicudos não fui eu que os apanhei foi o meu colega Artur Silva, mas achei curioso ter tirado 2 no mesmo dia e aproveitei para expor esta questão do aparecimento destas espécies pouco frequentes nesta costa estarem a acontecer com mais frequência.
      Um abraço e bons lances.

      Eliminar
  3. Sem surpresas mas com certezas, infelizmente reserva-nos cada vez menos peixe.
    Lá safaste alguns, já deu para o almoço. Sargos ultimamente nem vê-los!

    Força Pedro!
    Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boas Cris,
      estes sargos bicudos não fui eu que os apanhei foi o meu colega Artur Silva, aproveitei apenas para divulgar o aparecimento mais frequente e curioso desta espécie de sargos na minha zona.
      Para dares com uns sargos tens de fazer aquelas ilhadas bem marafadas, vais ver que eles aparecem!!!
      Um abraço e força ai.

      Eliminar
  4. Oi Pedro. esses sargos por aqui, por vezes são muitos capturados na caça sub-marina e bem grandes e gordos que eles são, tem uma boca mesmo pequena, mesmo grandes....
    Eu pessoalmente só apanhei um e bem grande que ele era, passou 1 Quilo....
    Já fizeste foi um belo petisco... força ai, grande abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Alô João,
      pelos vistos ai por baixo aparecem com mais frequência, estes por acaso não fui eu que os apanhei, calho ao meu colega Artur Silva, mas petisco dá sempre na mesma mesmo não sendo dos bicudos.
      Um grande abraço.

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...