Este espaço destina-se à divulgação da pesca, em especial da pesca à bóia e da pesca de competição, onde relato as minhas pescarias e aventuras na região Oeste e não só.

Segue-me no Facebook

sexta-feira, 4 de março de 2016

Culminar de mais um ano de competição

Antes de se iniciar o novo Campeonato de Pesca da Bordinheira 2016, tenho de relatar as 2 ultimas provas do campeonato passado.
Para a 9ª prova realizada em finais de Novembro do ano passado, contamos com mar grande e muito vento à mistura, a maré cheia praticamente a meio da prova não deixava grandes perspectivas a fartas capturas com estas condições, já que os pesqueiros de bóia com algumas condições iam ser poucos.
Sem grandes alternativas, foi praticamente obrigado a rumar até à zona de Ribeira D'ilhas e Cavalinho, as 3 primeiras horas de prova foram bastante penosas, sem registo de capturas.
Nesta altura o vento ainda não soprava forte, tentava procurar livrar a grade, após alguns pesqueiros feitos sem sucesso, foi a norte dos Guiões que finalmente consegui apanhar um sargo que me deixou satisfeito.
Enquanto desembuchava o peixe, levantou-se um verdadeiro vendaval repentinamente, era de tal forma forte que não dava para aguentar a bóia na agua, segurar a cana era uma tarefa complicadissima, logo agora que tinha dado com um pesqueiro com peixe.
Não tive alternativa, tive de abandonar este spot e tentar arranjar um cantinho em que estivesse de costas para o vento, de modo a conseguir ter a bóia algum tempo dentro da agua.
Fui caminhando para o lado de Ribeira D'ilhas, depois de passar o Cavalinho e sem muitas hipóteses de pesqueiros, já com pouco mais de uma hora para pescar, lá me encostei a uma lage onde apesar de o mar não ter as melhores condições, fazia uma paradinha e acima de tudo ia conseguir aguentar a bóia dentro de agua.
Depois de mandar umas colheradas de engodo, vai de lutar contra o vento e o mar, para minha surpresa nos primeiros lances senti peixe, mas não o consegui ferrar.
Pouco depois confirmei que o peixe estava por ali, tirei mais um sargo e uma tainha, a coisa animava e até ao final ainda consegui sacar mais 6 sargos.
Sinceramente não esperava por este final feliz, mas a pesca é isto mesmo, nunca desistir até ao final às vezes dá estas alegrias.

No total foram 8 sargos e uma tainha, por pouco não dava para ganhar esta prova, que foi ganha pelo Sérgio Reis, que a pescar ao fundo também apanhou uns sargos e totalizou 8000pts.
Eu acabei em 2º lugar com 7630pts e consegui recuperar um ponto para o actual líder David Forcada que ficou nesta prova em 3º lugar com 5730pts.

Para a ultima prova levava a difícil tarefa de tentar recuperar 11 pontos para o líder, não era impossível, mas era pouco provável que o David Forcada vacilasse tanto, ainda assim havia aquela ponta de esperança.
 Nesta jornada agendada para o final da tarde, decidi mudar de ares, com o mar um pouco mexido, mas com boas condições, rumei até à Foz do Sizandro, com a maré a descer optei por começar a pescar à bóia em cima da lage de Gentias, as tainhas andavam por lá e espaçadamente fui tirando algumas.
Com o descer da maré fui obrigado a procurar pesqueiro com mais altura de agua, encostei-me ao colega Nuno Pereira, que estava a pescar na na Lage da Mesa, aqui consegui apanhar mais 2 robalotes e um sargo.
Depois o peixe falhou e fui acabar a prova na garganta do rio, onde apanhei mais uma tainha e 2 sargos.
Tinha cumprido a minha parte, a pesca estava bem composta, restava esperar pelos resultados dos restantes pescadores para ver o que como ia terminar a classificação.
Esta prova foi ganha pelo Miguel Serra com uma boa pesca de tainhas totalizou 17195pts, em segundo lugar ficou o David Forcada também com uma boa pesca de tainhas e salemas totalizou 15450pts, eu fechei o pódio com 13080pts.
Esfumava-se a hipótese de revalidar o titulo já que o meu principal adversário ficou à minha frente.
As jornadas de pesca deste campeonato tinham chegado ao fim, mas ainda faltava a farta jantarada, bastante participada, não só pelos pescadores, como pelas suas famílias, esposas e filhos vem divertir-se e conviver, não faltando a entrega de prémios e terminando com um bailarico para animar a malta até altas horas.  





De salientar que este foi um campeonato bastante disputado, com muito desportivismo e amizade, em que acabou por ganhar que mais mereceu, pela regularidade que manteve ao longo de todas as jornadas, diga-se que o David Forcada, vice campeão no campeonato anterior, acabou este ano em 1º, sendo um justo vencedor, para ele os meus parabéns.
Eu apesar da luta que dei, acabei num honroso 2º lugar a 12 pontos do líder, a fechar o pódio ficou o Miguel Serra.
O prémio de maior exemplar do campeonato foi para o Eduardo Arrenegado, com um magnifico robalo de 4,065kg, capturado ao spinning.

O prémio para o maior nº de exemplares numa só prova, coube ao David Forcada com 31 peixes. 
Não posso deixar de mencionar todos os participantes, cerca de 40, que fazem parte deste campeonato e o tornam bastante competitivo e animado, não esquecendo toda a equipa da cozinha, que são incensáveis, super bem dispostos e prestáveis, sem todos eles esta competição deixava de fazer sentido, por isso penso que estamos todos de parabéns.


Aproveitei ainda a ocasião para oferecer umas lembranças a uns pescadores bastante especais para mim, ao Filipe Ferreira pelo grande trabalho que tem feito ao longo dos quase 12 anos da secção de pesca da Bordinheira, ao meu Pai e ao meu Filhote por razões óbvias.

Agora, com o inicio de um novo campeonato agendado para o próximo dia 13 deste mês e desempenhando já as novas funções que me foram incumbidas como presidente da sessão de pesca da Bordinheira,  aproveito para vos convidar a participar connosco no campeonato de 2016, garanto que vão gostar.
Espero em breve relatar todas as aventuras de pesca em que vou vivendo, não prometo, mas tentarei fazer os relatos atempadamente, pois só assim fazem sentido.
Abraços bons lances a todos.


6 comentários:

  1. Boas Pedro!
    Belas pontas de pedra que tu tens por aí...
    Já vi que por aí com ou sem peixe o convívio está sempre garantido :)
    Não posso deixar de dar os parabéns ao Eduardo com esse magnifico Robalo... Parabéns :)
    Eu se fosse a ti apostava mais vezes é no buraco da Inês, com ou sem peixe deve ser sempre um prazer pescar lá ;)
    Abraço e força aí...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ora viva Mestre Lobo,
      As pontas são boas, o peixe é que não abunda, estas pontas são boas para um spinning e bóia.
      É bem como dizes, com peixe ou sem ele o convívio está mais que garantido, fome nunca passamos he he he
      O Eduardo fez um brilharete na sua estreia no campeonato da Bordinheira, grande tarolo ao spinning, mereceu e bem o prémio de maior exemplar.
      O buraco da Inês não é pesqueiro da minha eleição, mas não posso negar que é um bom buraco he he he, volta e meia vou até lá ;)
      Grande abraço companheiro e bons lances.

      Eliminar
  2. Boas Pedro,pescar bom peixe é o que todo o pescador quer mas esses convívios são espectaculares aqui para os meus lados á muitos pescadores mas muito poucos dados a esse tipo de convívio.
    Grande abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ora viva grande Alexandre,
      estes convívios são 5 estrelas, tens de cá vir um dia para comprovares, fome não passas, garanto-te eu.
      Na tua zona também fazem alguns, este ano tenho de ver se ou ai participar em pelo menos num, já me disseram que é bom de peixe e de comida.
      Grande abraço companheiro e bons lances.

      Eliminar
  3. Boas,
    Demorou mas veio com grande qualidade de escrita e fotográfica.
    Venha o próximo campeonato a ver que surpresas nos esperam e que seja tão bom ou melhor que o último que me marcou bastante.
    Grande abraço Pedro
    E obrigado Pedro Nunes pelos parabéns um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Então grande amigo Eduardo, preparado para a nova época???
      O campeonato transacto não pode dizer que te tenha corrido mal, ficaste muito bem, uma grande estria, merecido prémio para maior exemplar.
      O relato estava difícil mas acabou por sair, a qualidade podia ser melhor mas o esquecimento faz com que falte um toque de inspiração, as fotos essas compõem o ramalhete e dá a qualidade que referes.
      Este ano tenho de ver se consigo fazer os relatos atempadamente, prometo ;)
      Grande abraço e vemos-nos no domingo.

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...