Este espaço destina-se à divulgação da pesca, em especial da pesca à bóia e da pesca de competição, onde relato as minhas pescarias e aventuras na região Oeste e não só.

Segue-me no Facebook

terça-feira, 18 de março de 2014

Mas que peixeirada vem a ser esta(parte 1)!!!!

Há uns anos atrás pensei em seguir a profissão de peixeiro, mas a ideia nunca foi nunca para a frente. Hoje tive a oportunidade de ser peixeiro por um dia (talvez futuramente todos os dias, nunca se sabe), como tenho um colega de pesca, o César Ribeiro que além de grande pescador entre outras virtudes e qualidades, é peixeiro de profissão, aceitei o convite e fui fazer a venda com ele.
O dia, esse não podia estar melhor, um dia bastante solarengo e primaveril, e bem cedo lá fomos nós, na carrinha vender o peixe às freguesas, buzinando por essas aldeias, e casais do concelho de Torres Vedras, lugares e recantos onde nunca tinha passado, zonas com paisagens maravilhosas, cada vez gosto mais do meu Oeste.
Primeira paragem e obrigatória na sede, tomar um chá(?????) para aquecer e afinar a garganta(além de curar a ressaca), mas que raio de bebida para um peixeiro de barba rija, pensava que era um bagaço ou uma aguardente, mas não um chazinho!!!!!
Agora sim estavamos prontos para começar a buzinar!!!!
Ó Ti Maria quer peixe? É tudo peixe bom e fresquinho, hoje temos, pescada, pargo mulato, safio, carapau, chicharro, perca, garoupa.....
«É o peixe está caro!!», dizem praticamente todos os clientes, dois dedos de conversa enquanto se amanha o peixe, e já está mais uma cliente bem servida e vamos ficando com menos stok na carrinha.





Também aprendi coisas novas, nomeadamente na disciplina de matemática, aprendi a fazer arredondamentos à César, passo a explicar, ora bem no total são 15€ euros e 20 cêntimos, arredondando dá 16€ e mais uns trocos. É sempre a arredondar, este ditado popular assenta-lhe mesmo bem, grão(arredondamento) a grão(arredondamento) enche a galinha(peixeiro) o papo.

E assim continuamos nesta labuta toda a manhã com umas pausas obrigatórias, uma para a buxa e outra para um aperitivo na sede da Bordinheira, para abrir o apetite para o almoço.
Aqui fui obrigado a sujar as mãos e amanhar uns peixes para a malta amiga, além de por em prática a técnica dos arredondamentos, alguém tinha de pagar os martinis, he he he.......




Depois da venda feita, e arrumada a carrinha bem como todo o material de trabalho, almoçamos rapidinho, umas sandochas, e adivinhem o que fomos fazer?
Mas isso tem que ficar para a 2ª parte deste post, que a história já vai longa.
Um abraço e não percam o próximo capitulo brevemente.


12 comentários:

  1. Óhh Pedro :)
    Um dia diferente com certeza, a carrinha está porreira com essa porta de lado...
    Bom relato e engraçado :)
    Podias era levar umas das tuas salemas para venderem aí também :)
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boas Pedro,
      o césar tem mesmo muito jeito para peixeiro, e tem tudo muito bem pensado e engendrado, a carrinha tem tudo, desde um bidom de agua com torneira e uma mangueira para lavar o peixe depois de amanhado, reservatório para as aguas das lavagens, e as prateleiras dão muito jeito pois o peixe fica bem visível além de dar espaço para trabalhar à vontade.
      Foi um dia muito à maneira, a repetir certamente.
      Ele podia era vender as salemas que ele apanha, ainda este fim de semana ganhou uma prova em Peniche com 27, ele adora esse peixe nos concursos, mas depois não leva nada para casa, eu por mim não as pontuava nas provas, mas sou quase dos únicos a pensar assim.
      Um abraço e boas varadas.

      Eliminar
  2. Muito bom Pedro, fartei-me de rir...hahahaha...até tinhas jeitinho para a coisa e pelos visto esses arredondamentos devem vir do Estado...hahaha.

    Um grande abraço

    Luís Malabar

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tinha jeito para arranjar peixe, agora para arredondamentos nem por isso, penso que somos quase obrigados a aprender à força com o estado para conseguirmos sobreviver, são os ensinamentos que infelizmente recebemos neste pais.
      Um abraço de Portugal companheiro e boas fainas

      Eliminar
  3. Boas Pedro,tu e ele que dupla ehehe..se fosse uma tripla era com o Filipe ahhah

    tenho de la ir visita-lo breve se não diz que ando desaparecido ..SAÚDE.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Granda Nuno, somos uma dupla e pêras, nos copos então ninguém nos para, mas o Filipe é um bom treinador he he he.....
      Tens de vir ao convívio do dia 30 deste mês, para pormos a conversa em dia, aparece e trás uns amigos que o almoço é garantido tal como o ano passado.
      Um abraço mestre do spinning

      Eliminar
  4. eh eh eh uma foto reportagem recheada de boa disposição :)

    Abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi um dia muito animado, é disto que a malta gosta, um grupo de amigos de top, os dias passados ao pé desta malta passam a voar.
      Agora falta a 2ª parte do dia.
      Um abraço e bons lances

      Eliminar
  5. Mestre Franco,

    temos um rico Portugal sem dúvida, aqui as coisas sabem melhor que no resto da Europa....

    Que grandes arredondamentos, tenho que ter umas aulas práticas com vocês... hehehe

    Grd abr e boa sorte para a frente ;)

    ResponderEliminar
  6. Eu não troco Portugal por nada, tem tudo para vivermos bem, com excepção dos políticos, fora isso é um paraíso.
    Eu já aprendi como se fazem contas à maneira, não é difícil, como diz o César é um habito agora era só por-me à estrada e arranjar um bom pregão.
    Obrigado Master e melhores lances por ai.

    ResponderEliminar
  7. Hahahahahaha já me fartei de rir com voçes,grande malha ,grande abraço aos dois.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Então e eu, nem te passa pela cabeça, uma pançada de rir, este gajo é um prato!!!
      Granda maluco, onde ele está é animação pela certa.
      Um grande abraço amigo

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...