Este espaço destina-se à divulgação da pesca, em especial da pesca à bóia e da pesca de competição, onde relato as minhas pescarias e aventuras na região Oeste e não só.

Segue-me no Facebook

terça-feira, 19 de abril de 2016

Boas Francesinhas em dia de mar bravo

No passado dia 10 de Abril realizou-se a 2ª prova do campeonato de pesca da Bordinheira, este ano bastante concorrido, promete ser muito bem disputado.
Depois de um início algo comprometedor da minha parte na 1ª prova, que devido a assuntos pessoais só me foi possível pescar 1 hora, consegui desgradar com um sargote mas acabei por ficar em 22º lugar, agora era tempo de iniciar a recuperação na tabela geral.
As condições não eram as melhores, muito vento, muita chuva, muito mar, muito período, condições mesmo à minha maneira, tudo muito, o peixe, esse é que não se esperava muito, ainda assim estava confiante num bom resultado.
O pesqueiro escolhido para esta jornada foi novamente o Porto Chão, bem longe da confusão.
Como na minha anterior pescaria lá realizada, tinha dado para ver que o peixe andava por lá, era de apostar, com a maré ideal para lá pescar e tudo nem pensei 2 vezes.
Desci em Gentias, pois com a chuva que tinha caído esta descida é mais segura, logo para inicio de jornada uma longa caminhada para sul até ao pesqueiro pretendido.
Passo seguinte esticar as 2 canas que tinha preparado para esta jornada, o típico balde de engodo de sardinha bem feito com areia, ideal para mares fortes e com bastante corrente, para isco uns lombos de sardinha, era hora de ver se lá andava alguma coisa.
Nos primeiros lances os pequenos toques na bóia denunciavam pequenas sarguetas no pesqueiro, a maré descia rapidamente, e fui avançando na laje, pouco depois a primeira ferragem, uma boa tainha a dar luta, a grade estava quase safa, mas na resaca da onda desferra-se mesmo aos meus pés, que pior maneira de começar a prova.
Mais umas colheradas de engodo e pesca na agua novamente, entretanto tiro 2 sarguetas daquelas duvidosas que coloco no saco.
Mais meia dúzia de lances e nova tainha ferrada, desta feita consegui coloca-la a seco, a grade estava definitivamente safa, nisto começa de chover forte e feio, a agua escorria da arriba até ao mar, pensei pronto a pesca está feita, vai ficar tudo barrento.
Com a chuva a abrandar e a maré a descer o mar não esbarrentou muito e a pesca continuou a bom ritmo, com mais uns sargotes capturados.
Já com a maré bem vazia o peixe falhou, nada melhor que o ir procurar noutros buracos, pesqueiro devidamente engodado e consigo apanhar mais umas tainhas e uma salema, como a maré era grande depressa fiquei sem agua no pesqueiro.
O mar embravecia cada vez mais e não dava para arriscar muito, mesmo assim fui lá tentar o buraco dos sargos e de lá saquei um robalote e um sargo jeitoso, ainda ferrei um sargo quileiro que me endireitou o anzol e foi à vida dele.
Faltava apenas uma hora de prova e com a maré a subir fui caminhando para próximo do carro e fui ver se as salemas estavam na Pedra da Mesa, mas não estava lá peixe nenhum e a jornada chegava ao fim.
No total foram 8 sargotes, um robalote, 5 tainhas e uma salema e já calculava que alguns deles estavam na eminencia de não pontuar, depois da pesagem foi exactamente o que aconteceu, só 7 peixes é que pontuaram, este ano vai assim, tudo à trave, tenho de ver se dou com o cardume dos grandes, ou então dedicar-me só às tainhas e salemas até os gajos engordarem mais 10 ou 15grs.
Apesar das más condições, ainda ouve 27 pescadores que conseguiram apanhar peixe.
Depois da pesagem realizada, chegava a hora do tão esperado almoço, Francesinhas à moda da Bordinheira, não ficam nada atrás das do Porto, muito bem confeccionadas por sinal, para muita gente foi uma estreia e ficaram aprovadas pela maioria.


No que toca a resultados desportivos, esta jornada foi ganha pelo César Ribeiro que finalmente lá deu com as salemas, totalizou 11370pts assumindo-se como um forte candidato à vitória final.
Em 2º lugar ficou o Pedro Luís que tirou 6 tainhas, 2 delas de respeito, bem acima do 1,5kg, totalizou 8880pts, a fechar o pódio fiquei eu com 7770pts, não foi mau de todo e já consegui recuperar alguns lugares.


O que não faltou também foram os copos entre grandes amigos e aquele bate papo de pescadores competitivos sobre os resultados de mais uma jornada, uma das partes que mais gosto. 
A próxima prova é já no dia 24 de Abril, vamos ver o que nos reserva.
Abraços e bons lances a todos 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...